acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indicadores

Opep prevê alta na produção de petróleo

13/05/2014 | 14h09
Opep prevê alta na produção de petróleo
Deposit Photos Deposit Photos

 

A Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) anunciou hoje (13) que a sua produção de petróleo vai aumentar este ano para 29,8 milhões de barris por dia, mais 100 mil barris do que a estimativa de abril, mas menos 400 mil barris do que em 2013. Segundo o relatório mensal mais recente sobre o mercado petrolífero,  divulgado nesta terça-feira em Viena, na Áustria, a Opep mantém inalteradas as previsões para a demanda mundial por petróleo e as principais perspectivas para a economia mundial.
A demanda global do chamado “ouro negro” aumenta 1,14 milhões de barris por dia (mais 1,2%) neste ano e atinge 91,15 milhões de barris por dia, com a metade do aumento desta procura sendo da China e dos países do Oriente Médio.
Em relação à economia mundial, os analistas da Opep mantêm a estimativa de um crescimento de 3,4%, contra 2,9% no ano passado. O crescimento dos países da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico mantém-se em 2%, que inclui uma revisão em baixa para a economia dos Estados Unidos e uma revisão em ligeira alta para a zona do euro, informou a organização.
O crescimento dos Estados Unidos cai de 2,7% para 2,4%, enquanto a previsão do aumento do Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro melhora de 0,8% para 1%, segundo o relatório. Em relação ao crescimento das principais economias emergentes, China e Índia, a Opep mantém as previsões para este ano, 7,5% e 5,6%, respectivamente.

A Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) anunciou hoje (13) que a sua produção de petróleo vai aumentar este ano para 29,8 milhões de barris por dia, mais 100 mil barris do que a estimativa de abril, mas menos 400 mil barris do que em 2013. Segundo o relatório mensal mais recente sobre o mercado petrolífero,  divulgado nesta terça-feira em Viena, na Áustria, a Opep mantém inalteradas as previsões para a demanda mundial por petróleo e as principais perspectivas para a economia mundial.

A demanda global do chamado “ouro negro” aumenta 1,14 milhões de barris por dia (mais 1,2%) neste ano e atinge 91,15 milhões de barris por dia, com a metade do aumento desta procura sendo da China e dos países do Oriente Médio.

Em relação à economia mundial, os analistas da Opep mantêm a estimativa de um crescimento de 3,4%, contra 2,9% no ano passado. O crescimento dos países da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico mantém-se em 2%, que inclui uma revisão em baixa para a economia dos Estados Unidos e uma revisão em ligeira alta para a zona do euro, informou a organização.

O crescimento dos Estados Unidos cai de 2,7% para 2,4%, enquanto a previsão do aumento do Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro melhora de 0,8% para 1%, segundo o relatório. Em relação ao crescimento das principais economias emergentes, China e Índia, a Opep mantém as previsões para este ano, 7,5% e 5,6%, respectivamente.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar