acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

OPEP: pede deter libertação de reservas estratégicas de óleo

29/06/2011 | 10h17
O secretário geral da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP), Abdalla Salem O-Badri, pediu ontem (28) à Agência Internacional de Energia (AIE) abster-se de libertar reservas estratégicas de óleo.


O-Badri sublinhou que as reservas deveriam ser apenas utilizadas para casos de emergência, não por razões comerciais.


Não vemos razão para essa libertação, apontou em rodada de imprensa celebrada nesta cidade, depois de participar em uma reunião do secretariado da organização centrada no chamado diálogo energético entre a OPEP e a União Européia.


Os comentários do diretor respondiam à anunciada intenção da AIE de libertar 60 milhões de barris de petróleo de suas reservas estratégicas a partir do próximo 1 de julho para compensar a interrupção das exportações da Líbia.


A medida poderia ser um problema , pois chegaria a pressionar os preços em curto prazo, enfatizou O-Badri, quem declarou sua expectativa de que esta prática se detenha imediatamente.


Alguns especialistas consideram que tais atuações da Agência fazem parte de planos especulativos no mercado petroleiro internacional, o qual começou a reagir com preços por embaixo de 100 dólares o barril.


Enquanto, a AIE informou nesta segunda-feira que a medida de livrar parte da reserva estratégica incluirá apenas petróleo [óleo nos Estados Unidos (por um total de 30 milhões de barris) e na Europa produtos refinados, principalmente.


Fonte: Redação/ Agências
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar