acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Oleoduto retoma operações e barril cai

20/04/2007 | 00h00

Petróleo para maio fecha cotado a US$ 61,83, em queda de 2,06%

Os contratos futuros de petróleo fecharam em queda, na última quinta-feira, na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) e na Bolsa Intercontinental (ICE, de Londres). A baixa foi mais acentuada nos EUA, onde foi anunciada a retomada das operações do oleoduto Alberta-Wisconsin, da Enbridge, que abastece os EUA a partir do Canadá. Ele estava parado desde a segunda-feira, por causa de um vazamento.

Na Nymex, os contratos de petróleo bruto para maio fecharam a US$ 61,83 por barril, em queda de US$ 1,30, ou 2,06%; a mínima foi em US$ 61,35 e a máxima em US$ 63,27. Os contratos para junho fecharam a US$ 63,32 por barril, em queda de US$ 1,06, ou 1,65%. Na ICE, os contratos do petróleo Brent para junho fecharam a US$ 65,94 por barril, em baixa de US$ 0,10, ou 0,15%, com mínima em US$ 65,64 e máxima em US$ 66,85. As informações são da Dow Jones.

"A notícia da Enbridge foi o único fator a influenciar os contratos para maio", disse o analista Tom Bentz, do BNP Paribas. Outro fator a pressionar os preços foi a perspectiva do vencimento dos contratos de petróleo bruto para maio na Nymex, nesta sexta-feira. "Estamos chegando ao vencimento dos contratos para maio e acho que os aplicadores estão ajustando posições", comentou Andy Lebow, vice-presidente da Man Financial.



Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar