acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Incidente

Óleo vaza de duto da Petrobras na Bahia

05/11/2012 | 15h12

 

Um diluente de óleo combustível vazou na manhã de sexta-feira (2) em um duto da Petrobras que liga o Terminal de Madre de Deus à Refinaria Landulpho Alves, na região metropolitana de Salvador.
A Marinha, por meio do Comando do 2º Distrito Naval, informou que tomou conhecimento no início da tarde da existência de uma mancha de óleo no mar, que foi vista por pescadores da praia de Caípe de Baixo, na Baía de Todos-os-Santos, no município de São Francisco do Conde, onde funciona a refinaria Landulpho Alves.
A Transpetro, companhia responsável pelo transporte do material, informou que equipes de contingência foram deslocadas para o local logo após o vazamento, mas as causas do incidente ainda serão apuradas. Ainda segundo a Transpetro, o vazamento foi controlado.
Segundo informou a Marinha por meio de nota, "a Petrobras assumiu a responsabilidade pelo ocorrido e estimou o volume derramado em aproximadamente 0,13 m³".
Ao chegarem ao local do derramamento do produto, inspetores da Capitania dos Portos encontraram equipes da Petrobras trabalhando na contenção e limpeza da mancha de óleo. Nesse momento, segundo a Marinha, havia apenas resquícios do material sobre a superfície do mar.
O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) informou que equipes do órgão foram até o local, onde acompanharam até as 19h desta sexta-feira o trabalho de limpeza e contenção realizado pela Petrobras. O órgão disse ainda que os procedimentos devem continuar quando a maré estiver mais baixa, o que facilitaria a continuidade das providências por parte da Petrobras. Está programada uma nova visita de fiscais do Inema ao local.

Um diluente de óleo combustível vazou na manhã de sexta-feira (2) em um duto da Petrobras que liga o Terminal de Madre de Deus à Refinaria Landulpho Alves, na região metropolitana de Salvador.


A Marinha, por meio do Comando do 2º Distrito Naval, informou que tomou conhecimento no início da tarde da existência de uma mancha de óleo no mar, que foi vista por pescadores da praia de Caípe de Baixo, na Baía de Todos-os-Santos, no município de São Francisco do Conde, onde funciona a refinaria Landulpho Alves.


A Transpetro, companhia responsável pelo transporte do material, informou que equipes de contingência foram deslocadas para o local logo após o vazamento, mas as causas do incidente ainda serão apuradas. Ainda segundo a Transpetro, o vazamento foi controlado.


Segundo informou a Marinha por meio de nota, "a Petrobras assumiu a responsabilidade pelo ocorrido e estimou o volume derramado em aproximadamente 0,13 m³".


Ao chegarem ao local do derramamento do produto, inspetores da Capitania dos Portos encontraram equipes da Petrobras trabalhando na contenção e limpeza da mancha de óleo. Nesse momento, segundo a Marinha, havia apenas resquícios do material sobre a superfície do mar.


O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) informou que equipes do órgão foram até o local, onde acompanharam até as 19h desta sexta-feira o trabalho de limpeza e contenção realizado pela Petrobras. O órgão disse ainda que os procedimentos devem continuar quando a maré estiver mais baixa, o que facilitaria a continuidade das providências por parte da Petrobras. Está programada uma nova visita de fiscais do Inema ao local.



Fonte: G1
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar