acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petróleo e Gás

OGX anuncia presença de hidrocarbonetos no poço OGX-52, na Bacia de Campos

25/07/2011 | 11h00
A OGX, empresa brasileira de óleo e gás natural responsável pela maior campanha exploratória privada no Brasil, identificou a presença de hidrocarbonetos (compostos de carbono e hidrogênio, que podem estar em estado líquido, sólido e gasoso) nas seções santoniana e albiana do poço 1-OGX-52-RJS, no bloco BM-C-41, em águas rasas da Bacia de Campos. As características desses compostos são analisadas através de testes, que permitem avaliar se um poço possui óleo, gás ou ambos, e sua quantidade.  A OGX detém 100% de participação neste bloco.

“Esta nova descoberta, próxima à acumulação de Waimea, testou exitosamente calcarenitos albianos, em uma posição mais profunda, completamente independente da descoberta anterior. Importante destacar também a descoberta de óleo em reservatórios arenosos de idade santoniana. Estas descobertas comprovam, como sempre informamos, o grande potencial remanescente de recursos nesta importante província petrolífera, na porção mais meridional da Bacia de Campos”, comentou Paulo Mendonça, diretor geral e de exploração da OGX.

Foi encontrada uma coluna com hidrocarbonetos em arenitos da seção santoniana em torno de 12 metros e net pay de aproximadamente 5 metros. Adicionalmente, outra coluna de 174 metros foi encontrada em carbonatos da seção albiana e net pay em torno de 96 metros.

O poço OGX-52, denominado Tambora, localizado no bloco BM-C-41, situa-se a 93 km da costa do estado do Rio de Janeiro, em lâmina d'água de aproximadamente 130 metros. A sonda Ocean Ambassador iniciou as atividades de perfuração no dia 04 de julho de 2011.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar