acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

Oficiais fazem busca na sede da BP em Moscou

31/08/2011 | 16h03
Oficiais de Justiça da Rússia fizeram uma busca nos escritórios da BP em Moscou nesta quarta-feira (31), por causa de um processo envolvendo um acionista minoritário de uma joint venture da companhia, a TNK-BP Holding, informou a própria BP. A companhia britânica qualificou a ação dos oficiais como uma busca ilegal.

O chefe da BP na Rússia, Jeremy Huck, disse que a busca é um meio de pressionar as atividades da companhia no país. Segundo Huck, o trabalho no local estava paralisado. Já um porta-voz da BP na Rússia, Vladimir Buyanov, informou que a companhia estava cooperando, a situação estava "calma" e nenhum documento havia sido apreendido até então.

A busca está ligada a um processo em um tribunal siberiano. Andrei Prokhorov, um acionista minoritário de uma joint venture da BP, a TNK-BP Holding, quer US$ 3 bilhões de indenização pelo fato de a BP não ter levado adiante um acordo de exploração no Ártico fechado com a estatal russa Rosneft. Prokhorov diz que merece a indenização pois os interesses dele foram prejudicados pela companhia britânica, já que ele se beneficiaria com o negócio entre BP e Rosneft.

O acordo multibilionário entre a BP e a Rosneft fracassou mais cedo neste ano, após acionistas russos da TNK-BP o contestarem. Segundo eles, a BP estaria desrespeitando um acordo anterior, ao tratar com a Rosneft sem consultá-la.

Um advogado de Prokhorov, Dmitry Chepurenko, disse que os oficiais buscavam documentos relacionados aos planos de parceria estratégica da BP com a Rosneft. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.


Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar