acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Crescimento

OCDE: Baixo crescimento do Brasil coloca em risco conquistas recentes

09/02/2015 | 15h45
OCDE: Baixo crescimento do Brasil coloca em risco conquistas recentes
Divulgação Divulgação

O relatório “Going for Growth” (Objetivo Crescimento), estudo realizado anualmente pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), será divulgado hoje (9) em Istambul, na Turquia, pelo secretário-geral Ángel Gurría e o vice-primeiro-ministro turco, Ali Babacan, visando a primeira reunião do G-20, com os ministros de Finanças e presidentes de bancos centrais das maiores economias do mundo.

De acordo com o relatório, o desempenho econômico do Brasil ficou para trás na corrida ao mundo rico, já que o país parou de reduzir a diferença de renda per capita em relação às nações desenvolvidas e outros grandes emergentes nos últimos anos. Dentre as causas que inibem os baixos indicadores de crescimento, a entidade aponta a baixa produtividade do trabalho, os gargalos de infraestrutura, maior déficit e dívida pública.

A OCDE reconhece a desaceleração e fraqueza da retomada econômica após a crise financeira ao mesmo tempo que alerta ao governo brasileiro que devem ser tomadas medidas para que o país volte a crescer, como: a elevação da renda de pessoas pouco qualificadas, a redução de distorções no sistema tributário, a melhoria da capacidade de infraestrutura e a eliminação dos requerimentos de conteúdo nacional em projetos financiados por bancos públicos.

O relatório "Going for Growth" foi lançado em 2005 para ajudar a promover o crescimento econômico e melhorar o bem-estar dos cidadãos da OCDE. O relatório analisa as configurações de política estrutural e desempenho econômico, a fim de dar os responsáveis certas recomendações de reformas que podem aumentar o crescimento.



Fonte: Redação TN Petróleo com Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar