acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Reduc

Obra vai gerar 1.600 empregos no Rio

16/07/2004 | 00h00

A Petrobras assinou nesta sexta-feira (16/7) contrato com a empresa Iesa Engenharia, no valor de R$ 316 milhões, para a execução das obras de construção e montagem de um novo sistema de tocha e das interligações da Unidade de Coqueamento Retardado da Refinaria Duque de Caxias (Reduc). A obra deverá gerar 1.800 empregos diretos, dos quais 1.600 no estado do Rio de Janeiro.
Em nota a Petrobras afirma que a Reduc está passando por um amplo programa de investimentos, no valor de US$ 1,2 bilhão, que vai aumentar o processamento de petróleo nacional, gerar produtos de maior rentabilidade, como diesel, GLP (gás de cozinha) e nafta e reduzindo a oferta de óleo combustível e aprimorar a qualidade de seus produtos.
A unidade de coque da Reduc, cuja entrada em operação está prevista para o final do primeiro semestre de 2006, deverá proporcionar uma redução de 29,5 mil barris de óleo combustível por dia e aumento de 11,8 mil barris/dia na oferta de diesel, de 2,4 mil barris/dia na de GLP e de 4,4 mil barris/dia na de nafta.
O contrato assinado terá a duração de 780 dias e os principais destaques da obra são os seguintes: 6,5 mil metros cúbicos de concreto estrutural; 5,9 mil toneladas de tubulações;  2,45 mil válvulas; 550 toneladas de estruturas metálicas; 120 km de cabos elétricos; e 32,5 mil metros cúbicos de isolamento térmico.
Na nota, a empresa informa que durante a assinatura do contrato, os diretores da Petrobras, Paulo Roberto Costa, da área de  Abastecimento, e Renato Duque, da área de Serviços, comentaram a importância de priorizar a contratação de mão-de-obra local e o respeito aos aspectos ligados a Segurança, Meio Ambiente e Saúde.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar