acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Produtos e Serviços

O grupo Aguilar y Salas obtém os certificados de U e U2 ASME para fabricação e reparação de equipamentos no Brasil

11/10/2016 | 16h33

Aguilar y Salas, companhia especializada no desenho e construção de equipamentos para a indústria química, O&G e fertilizantes, anuncia que obteve o certificado ASME U e U2 que garante que os seus equipamentos fabricados no Brasil estão feitos para obter a máxima qualidade e durabilidade, mesma certificação que já é usada nos seus equipamentos fabricados na Espanha, na sua planta de produção de Les Franqueses del Vallès (Barcelona). Estes certificados confirmam que a Aguilar y Salas reúne todos os requisitos de pressurização que exige a lei internacional.

“Aguilar y Salas é uma empresa comprometida com a segurança e a legislação internacional de todos e cada um dos nossos equipamentos fabricados em Espanha e no Brasil. A obtenção dos certificados U e U2 da ASME é a confirmação do bom trabalho e das políticas de segurança na fabricação das caldeiras e equipamentos a pressão, assim como e equipamentos auxiliares", diz Manuel Salas, CEO da Aguilar y Salas, S.A.

ASME, a Sociedade Americana de Engenheiros Mecânicos, é uma associação de profissionais de todo o mundo fundada no final do século XIX, e que criou um código global de aceitação mundial usado para o desenho, construção, inspeção e provas de ensaio de equipamentos, tais como caldeiras e depósitos sujeitos a pressão, entre outros.

Para Aguilar y Salas obter os dois certificados é um passo mais na consolidação da empresa no mercado americano e sul-americano, aumentando a sua presença em ambos os continentes, graças à eliminação dos custos de transporte e de exportação do Brasil para os Estados Unidos. Aguilar y Salas publicou recentemente os seus dados de faturamento do 2015, refletindo o sucesso do processo de exportação realizado em suas fábricas do Suape, Brasil. A sede da empresa no país sul-americano chegou a 21 milhões de reais, acima dos 4 milhões em 2014.



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar