acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Negócios

Novos contratos da Usiminas Mecânica somam R$ 286 milhões

18/01/2011 | 11h34
A Usiminas Mecânica, empresa de bens de capital e serviços do grupo Usiminas, inicia 2011 com cinco novos contratos que somam R$ 286 milhões e  preveem projetos nas áreas de siderurgia, energia eólica, infraestrutura e equipamentos industriais. Os novos negócios estão alinhados com a estratégia da empresa de atuar em segmentos de alto valor agregado e com grande potencial de crescimento nos próximos anos. 


O principal deles é o edifício do novo laminador da Gerdau Açominas. A empresa, que terá a Codeme como sócia no empreendimento, será responsável pelo projeto básico, cálculo estrutural, fabricação das estruturas, jateamento e pintura, transporte e montagem, colocação das telhas e sistema de iluminação. O edifício industrial ocupará 110 mil metros quadrados de área coberta, e a conclusão está prevista para o segundo semestre de 2012. 


Outro importante contrato prevê o fornecimento de blanks (peças  de aço cortadas conforme a necessidade do cliente) à Gestamp Wind Steel Pernambuco S.A., para a construção de 180 torres eólicas no Complexo Industrial de Suape, em Pernambuco. O fornecimento compreenderá a fabricação de peças cortadas e chanfradas  de acordo com as especificações técnicas necessárias  para a geração de energia  eólica. O fornecimento terá início no mês que vem e se estenderá por seis meses, com previsão de fabricação de 30 torres por mês. 


Também direcionado ao Complexo de Suape, a Usiminas Mecânica vai fornecer as estruturas metálicas para uma planta de fios de poliéster para indústria têxtil e de polímero termoplástico (PET) para produção de embalagens, garrafas e malhas especiais. A empresa, que também terá a Codeme como parceira,  será responsável pelo detalhamento do projeto, fabricação, jateamento e pintura e o transporte das  estruturas para a Construtora Norberto Odebrecht, responsável final pela obra. 


Petrobras e Vale 
 

A Usiminas Mecânica também venceu licitação para a construção de seis esferas de aço para o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), empreendimento da Petrobras que ainda está em fase de construção. Outro contrato recentemente assinado pela Usiminas Mecânica foi com a Vale S.A. A empresa vai participar da primeira fase da duplicação da Estrada de Ferro Carajás, que a mineradora mantém no Pará. O contrato prevê o fornecimento e fabricação, transporte e montagem de seis pontes a partir do primeiro trimestre de 2011. 


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar