acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Negócios

Novo plano da Petrobras será divulgado na próxima terça

13/05/2011 | 15h31
*ERRATA: Às 18h03 foi liberado novo comunicado informando que foi adiada a apresentação do PN 2011-2015. E em breve, será apresentada a nova data.
 
 
 
O primeiro plano de negócios da Petrobras no governo da presidente Dilma Rousseff, será apresentado na próxima terça-feira (17), na sede da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro). A informação foi enviada hoje em comunicado pelo Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) e a Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip).

 
Novos projetos na área de etanol, a aceleração da exploração no pré-sal da bacia de Santos, incluindo a cessão onerosa, e um novo cronograma para as refinarias são algumas das apostas segundo rumores do mercado.


No plano atual (2010-2014) o valor médio do barril do petróleo é projetado em 80 dólares. Segundo declaração do diretor financeiro da estatal, Almir Barbassa, o novo plano trará um preço maior.


No plano até 2014 a área de E&P representava 53% investimentos, ou 118,8 bilhões de dólares, enquanto o abastecimento ficou com 33% ou 73,6 bilhões de dólares.


A produção para 2014 era estimada em 2,9 milhões de barris de petróleo e 3,9 milhões de barris de óleo equivalente por dia. Para 2020 seriam 3,9 milhões de petróleo, sendo 1,078 milhão de barris do pré-sal de Santos, e 5,38 milhões de boe.


No mês passado, em visita a duas das sete unidades da Guarani S.A. - companhia sucroalcooleira da qual a Petrobras tem 31,4% de participação acionária - em Pitangueiras e Colina, em São Paulo, o presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto, afirmou que a estatal ampliará o investimento de US$ 1,9 bilhão, previsto para a produção de etanol entre 2010-2014. "O novo Plano de Negócios 2011-2015 terá crescimento muito forte para atender às necessidades do mercado", indicou o executivo na ocasião.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar