acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
PPSA

Novo leilão de petróleo da União acontece no próximo dia 31 de agosto

17/07/2018 | 16h57
Novo leilão de petróleo da União acontece no próximo dia 31 de agosto
Divulgação Divulgação

A Pré-Sal Petróleo publicou nesta terça-feira (17/7), em seu site, o pré-edital do 2º Leilão de Petróleo da União, que será realizado no dia 31 de agosto, às 12h, na B3, em São Paulo. O pré-edital ficará aberto para consulta pública até o dia 25 deste mês. Nesse período, a empresa receberá sugestões e dúvidas, responderá às manifestações e realizará eventuais alterações no edital.

Serão ofertados 3 milhões de barris de petróleo oriundos da Área de Desenvolvimento de Mero e dos Campos de Lula e Sapinhoá. Os três contratos, que poderão ser adquiridos por um único comprador ou por empresas diferentes, serão leiloados em uma única sessão pública. O vencedor poderá obter toda a produção do respectivo campo durante um ano, remunerando a União a cada retirada de carga, de acordo com a proposta de preços ofertada no leilão.

Outras informações sobre o pré-edital e o cronograma do leilão poderão ser acessadas no site: www.presalpetroleo.gov.br/ppsa/leiloes-de-petroleo/2-leilao.

Sobre os lotes

Área de Desenvolvimento de Mero

Para o período de um ano, a produção estimada da União que será leiloada é de 1,8 milhão de barris de petróleo. A 170 quilômetros do litoral do estado de Rio de Janeiro, a área faz parte da Bacia de Santos e é explorada por um consórcio formado pela Petrobras (operadora, com 40%), Shell (20%), Total (20%), CNPC (10%) e CNOOC (10%).

Sapinhoá

Para o período de um ano, a produção estimada da União que será leiloada é de 115 mil barris de petróleo. A área faz parte da Bacia de Santos e é explorada por um consórcio formado pela Petrobras (operadora, com 45%), Shell (30%) e Repsol (25%).

Lula

Para o período de um ano, a produção estimada da União que será leiloada é de 1,1 milhão de barris de petróleo. O campo de Lula, do consórcio BM-S-11, é operado pela Petrobras (65%), com os sócios Shell (25%) e Petrogal (10%).



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar