acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Bolívia

Novo comando da YPFB preocupa as petroleiras

30/01/2007 | 00h00

A troca de comando na estatal boliviana Yacimentos Petrolíferos Fiscales de Bolívia (YPFB) reacendeu no mercado o temor de nova radicalização nas relações entre o governo Evo Morales e as petroleiras estrangeiras que operam no país. Ontem, o ministério boliviano dos Hidrocarbonetos anunciou o nome de Manuel Morales Olivera para substituir Juan Carlos Ortíz na presidência da companhia. Com atuação elogiada pelas empresas, Ortíz renunciou ao cargo na sexta-feira, alegando ser vítima de perseguição.

Em entrevista na tarde de ontem, o ministro dos Hidrocarbonetos, Carlos Villegas, deu eco aos temores do mercado ao anunciar que o governo poderá rever a lei dos Hidrocarbonetos, apresentando um novo texto ao Congresso.

Morales tem perfil considerado mais radical que seu antecessor. Ocupava o posto de assessor especial da diretoria da estatal e era bem próximo ao ex-ministro dos Hidrocarbonetos Andrés Soliz Rada, que ficou conhecido por violentos ataques contra a Petrobras.



Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar