acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Produtos e Serviços

Nova tecnologia garante proteção das conexões das transmissões de dados e energia

28/03/2011 | 14h02
Acaba de iniciar suas atividades no mercado nacional a Etelec do Brasil, com o lançamento de uma nova tecnologia que garante a proteção na conexão de fios e cabos nas redes de transmissão de energia de baixa tensão e de comunicações utilizados em ambientes hostis de diversos ramos da economia.  
 

A nova tecnologia está sendo apresentada na FIEE Elétrica 2011, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, e chega para superar um dos maiores desafios da indústria, comércio e serviços: garantir o excelente isolamento das instalações elétricas e equipamentos, principalmente em condições de uso intenso ou em ambientes de riscos, tais como incêndio, alagamento, intermitência na transmissão de dados e energia e, também, ações do meio ambiente, como ventos e tempestades fortes, acidentes, diversos ou quedas dos ativos.


“Estes setores sempre demandaram o uso de soluções que garantissem a estabilidade das transmissões elétricas e de dados, independente do ambiente e do tipo de utilização destes ativos”, comenta Marcelo Rossi, diretor comercial da Etelec do Brasil. “Entre os segmentos que mais demandam o isolamento podemos citar a indústria petrolífera, química, operadores de serviços diversos de telecomunicações, data centers, automotiva, médica, aeronáutica entre outras, incluindo as empresas que possuem forte infraestrutura industrial ou de ativos de TI e Telecomunicações”, exemplifica.


Segundo Rossi, a nova técnica criada pela Etelec na Itália é à base de gel polímero isolante atóxico onde 1 mm de espessura isola 18 mil volts e é oferecida a partir de kit com conectores plásticos e gel isolante em diversos formatos, desenvolvidos para atender as múltiplas  aplicações e especificações técnicas de segurança nos padrões internacionais EN.50393  e NBR 5410.


A linha de conectores Shark é composta por 18 modelos e acomodam junções entre cabos unipolares e multipolares. Também faz parte do lançamento a linha de gel de preenchimento duo-componente, para uso independente dos conectores plásticos oferecidos pela Etelec.  


Todos os produtos são autoextinguíveis, com baixa emissão de fumaça e gases tóxicos conforme CEI-20-37/2-1 e CEI 20-37/7, o que favorece a defesa do meio ambiente e seus habitantes. Podem ser acomodados em galerias subterrâneas ou a qualquer lugar sujeito a incêndio ou à umidade, de acordo com Diretiva RoHS 2002/95/CE.


“Estamos confiantes no sucesso da nova tecnologia no Brasil porque não existem produtos com características e funcionalidades similares. No mercado brasileiro é possível encontrar algumas soluções para finalidade similar, mas nenhuma delas apresenta as características de isolamento oferecido pela nova tecnologia. Ou seja, nenhuma é não tóxica, autodestrutível de fácil montagem e também não suportam as infinitas agressões físicas do meio ambiente e de risco suportadas pela linha Shark”, afirma o diretor da Etelec Brasil.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar