acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Bolívia

Noruega vai assessorar a YPFB na nacionalização

15/08/2006 | 00h00

MADRI - O governo da Bolívia pediu a assessoria da Noruega para levar adiante o processo de nacionalização do setor de petróleo e gás, paralisado por falta de recursos da empresa estatal Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB), para controlar afetivamente a produção e comercialização dos hidrocarbonetos. O superintendente de Hidrocarburos, Víctor Hugo Sainz, informou que a Noruega capacitará a YPFB depois que for firmado um acordo com o ministro da Assistência, Erik Solheim, que começa uma visita à Bolívia, ocasião em que será pedida sua cooperação na redação de leis sobre petróleo, projeto e implementação de contratos e acordos de preços da exportação de gás.

O governo da Noruega adota desde 2004 um programa de assistência no campo energético a países em desenvolvimento, que se denomina ‘Petróleo para o desenvolvimento’, e que atualmente é aplicado na Nigéria, Angola, Santo Tomé e Príncipe, Madagascar, Sudão, Timor Leste, Camboja, Filipinas e Iraque e agora a Bolívia.

Segundo o vice-ministro da Exploração Petrolífera, Julio Gómez, as autoridades reconheceram na semana passada que o processo de nacionalização está paralisado. Além disso, ele anunciou que, a partir de amanhã, será iniciada uma nova rodada de contatos com as petrolíferas estrangeiras.



Fonte: Gazeta Mercantil / E
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar