acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Cooperação

No México, Dilma propõe aliança entre a Petrobras e Pemex

28/05/2015 | 11h37
No México, Dilma propõe aliança entre a Petrobras e Pemex
Palácio do Planalto Palácio do Planalto

Após se reunir com presidente mexicano, Enrique Peña Neto, no Encontro Empresarial Brasil-México, Dilma Rousseff propôs uma aliança entre a Petrobras e a Pemex (Petroleos Mexicanos) para a exploração de óleo e gás em águas profundas no Golfo do México. “A Petrobras poderá ajudar a Pemex no desenvolvimento dos campos do Golfo do México” afirmou, de acordo com a agência de notícias Notimex. A presidente recorreu ainda ao sentimento nacionalista que permeia a história do petróleo nos dois países: “Assim como a Petrobras é motivo de orgulho para os brasileiros, acredito que a Pemex desperta o mesmo sentimento no povo mexicano, desde que o presidente Lazana Cárdenas nacionalizou a indústria petrolífera em 1938”.

Dilma destacou a construção do complexo petroquímico Etileno XXI, no Estado de Veracruz, que está sendo realizada pela Braskem e a companhia Idesa. Ela disse que a reforma da política energética mexicana deverá impulsionar a indústria de óleo e gás no país, que já foi um dos maiores produtores do mundo.

Acordos comerciais

Os dois países firmaram acordos de investimentos que abrangem os setores da agricultura, turismo, tecnologia e transporte aéreo.



Fonte: BN Americas / Tradução e Adaptação: TN Petróleo
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar