acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indústria

Nível de otimismo e confiança chega ao setor industrial depois de 28 meses de crise

17/08/2016 | 12h39

Depois de 28 meses, os industriais cruzaram a linha que separa o pessimismo do otimismo. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) subiu 4,2 pontos na passagem de julho para agosto e alcançou 51,5 pontos.

Semelhante a um termômetro, quando esse indicador está acima dos 50 pontos, indica que os empresários estão confiantes; quando ele está abaixo, sugere pessimismo. Essa foi a primeira vez desde março de 2014 que o índice superou esse limite.

Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o movimento de recuperação teve início em abril e até agosto houve um ganho de 14,7 pontos. A entidade é a responsável pelo estudo, que foi divulgado nesta terça-feira (16).

Em agosto, os três segmentos avaliados pela pesquisa apresentaram avanço. A indústria extrativa subiu de 48 para 53,4 pontos; a de transformação passou de 48 para 51,8; e da construção de 44,4 para 49,6.

Expectativas para a economia

Essa pesquisa da CNI faz ainda duas avaliações: a primeira sobre a situação atual da economia e da empresa; a segunda sobre o futuro da economia e do companhia. Os números mais favoráveis foram influenciados principalmente pelas expectativas dos industriais em relação ao futuro.

Esse indicador subiu de 52,3 pontos para 56,2. A confiança de que a própria empresa terá desempenho melhor no futuro apresentou forte avanço no período ao subir de 54,8 para 58,2 pontos.

Confiança na recuperação

Os indicadores ainda mostram o empresariado confiante de que a economia vai voltar a crescer. Entre junho e agosto, essa percepção melhorou em cinco pontos ao subir de 47,3 para 52,3 pontos.

A percepção com a situação atual da economia também tem avançado rapidamente para a zona de confiança. De julho para agosto, aumentou de 33,5 pontos para 39,9 pontos. Em agosto do ano passado, estava em nível muito inferior, em 28,1 pontos.



Fonte: Redação/Portal Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar