acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás natural

Na USP, especialistas discutem desafios para o uso do gás no cenário de redução de emissões de GEE

15/09/2017 | 17h54

Nos dias 19 e 20 de setembro, a Universidade de São Paulo, na capital paulista, sediará a 2ª edição da Sustainable Gas Research & Innovation Conference, que reunirá especialistas do Brasil, Inglaterra, China e Estados Unidos para discutir o futuro do gás. O objetivo é compartilhar o conhecimento de tecnologias inovadoras que viabilizem o uso do gás em um cenário mundial de expectativa de redução de emissões de gases de efeito de estufa (GEEs).

O evento, organizado pelo Fapesp Shell Research Centrer for Gas Innovation (RCGI), do Brasil, e pelo Sustainable Gas Institute (SGI), da Inglaterra, está em sua segunda edição e acontece no auditório do Centro de Difusão Internacional da USP, no campus do Butantã, em São Paulo.

Além de pesquisadores dos dois institutos, participam também da conferência o Secretário de Minas e Energia do Estado de São Paulo, João Carlos de Souza Meirelles; o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, José Goldemberg; o vice-reitor da Universidade de São Paulo (USP), Vahan Agopyan; o pró-reitor de pesquisa da USP, José Eduardo Krieger; o diretor de separação de gás da Shell, Rob Littel e Plínio Nastari, membro do Conselho Nacional de Políticas Energéticas.

Abordagens inovadoras – Na ocasião, serão apresentados os resultados dos 29 projetos de pesquisa que estão sendo desenvolvidos pelos 150 pesquisadores do RCGI. Haverá palestras com especialistas da Inglaterra, China e EUA sobre políticas energéticas, transferência de tecnologia e comercialização, e novas tecnologias. Um painel irá discutir o papel do gás, biogás, hidrogênio e das tecnologias de captura e armazenamento de carbono no mix de energia para o futuro.

Segundo o diretor científico do RCGI, Julio Meneghini, a conferência é uma iniciativa única que possibilita aos pesquisadores das duas instituições o compartilhamento de conhecimento para que se compreenda plenamente o papel do gás natural no cenário global de energia. “O gás natural representa, a um só tempo, um imenso desafio e uma incrível oportunidade para o Brasil, tendo em vista a expectativa de que a produção brasileira cresça por conta da entrada em operação do Pré-sal”, lembra ele.

“Nossos desafios incluem desde a tecnologia para o armazenamento e o aproveitamento do recurso – não só como energético, mas como matéria-prima para obtenção de outros recursos cujas tecnologias de aproveitamento ainda estão sendo desenvolvidas – até a infraestrutura para sua disseminação e transporte, passando pela formação de demanda e pela falta de cultura de uso do gás no País”, resume

Serviço:

A Sustainable Gas Research & Innovation Conference 2017

Local: Auditório do CDI da USP (Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 222 – Cidade Universitária – São Paulo).

Data: dia 19/9, das 8h às 20h, e no dia 20/09, das 8h às 21h15.

Veja a programação completa em: http://bit.ly/2h5nwdl


Sobre o RCGI: O RCGI – Fapesp-Shell Research Centre for Gas Innovation realiza pesquisas de classe mundial para desenvolver produtos e processos inovadores, e estudos que viabilizem a expansão do uso do gás no Brasil de forma sustentável. Atualmente, o RCGI reúne cerca de 150 pesquisadores que desenvolvem 29 projetos de pesquisa em três programas: Engenharia, Físico/Química e Políticas de Energia e Economia. Recentemente, foi aprovado um novo programa focado em captura e armazenamento de carbono. Sediado na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, na capital paulista, o RCGI é financiado com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e da empresa Shell. Mais informações: http://www.rcgi.poli.usp.br/pt-br/

 

 

 

Sobre o SGI: O Sustainable Gas institute do Imperial College London foi criado em parceria com o Grupo BG, hoje denominado Royal Dutch Shell plc. O objetivo do Instituto é estudar o papel do gás natural, no cenário global de energia, em seus aspectos ambiental, econômico e tecnológico. As pesquisas do Instituto são focadas em modelagem de sistemas de energia, abordando questões chave relacionadas com a sustentabilidade do gás natural com base em evidências da literatura científica e de documentos técnicos. http://www.sustainablegasinstitute.org/

 



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar