acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Nota de Falecimento

Morre o geofísico Wagner Freire aos 83 anos.

08/10/2015 | 12h15
Morre o geofísico Wagner Freire aos 83 anos.
Acervo TN Petróleo Acervo TN Petróleo

 

Faleceu ontem (7/10) aos 83 anos o geofísico Wagner Freire. Ex-petroleiro, ingressou na Petrobras em 1958, à qual dedicou 34 anos, até se aposentar em 1992. Desde então, atuava como consultor na área de energia.
Ele começou na estatal nos campos petrolíferos da Bahia e, em 1968, chefiou a área de Geofísica no Brasil, promovendo o inicio de extensiva atividade no mapeamento da plataforma continental brasileira. Na década de 1970, destacou-se na gerência dos Contratos de Risco, na diretor de E&P e na presidência da Braspetro, a holding da Petrobras dedicada a atividades de E&P no exterior, e na presidência da Petrobras America, nos Estados Unidos. Freire foi diretor de E&P da Petrobras de 1985 a 1990, quando as atividades em águas profundas, com grandes inovações, tiveram grande impulso. “O petróleo é um vicio”, costumava dizer. 
A cerimônia de cremação será hoje (8/10) às 13h na Capela 3 do Cemitério Memorial do Carmo, no Caju.

Faleceu ontem (7/10) aos 83 anos o geofísico Wagner Freire. Ex-petroleiro, ingressou na Petrobras em 1958, à qual dedicou 34 anos, até se aposentar em 1992. Desde então, atuava como consultor na área de energia.

Ele começou na estatal nos campos petrolíferos da Bahia e, em 1968, chefiou a área de Geofísica no Brasil, promovendo o inicio de extensiva atividade no mapeamento da plataforma continental brasileira. Na década de 1970, destacou-se na gerência dos Contratos de Risco, na diretor de E&P e na presidência da Braspetro, a holding da Petrobras dedicada a atividades de E&P no exterior, e na presidência da Petrobras America, nos Estados Unidos. Freire foi diretor de E&P da Petrobras de 1985 a 1990, quando as atividades em águas profundas, com grandes inovações, tiveram grande impulso. “O petróleo é um vicio”, costumava dizer. 

A cerimônia de cremação será hoje (8/10) às 13h na Capela 3 do Cemitério Memorial do Carmo, no Caju.

 



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar