acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Morgan Stanley prevê queda do petróleo

06/07/2005 | 00h00

Apesar da acentudada alta do petróleo futuro, que já projetou mais de US$ 60 para o barril no longo prazo, o preço dos óleos leves, como o WTI e o Brent, ficará em torno de US$ 40 o barril. A previsão é do banco Morgan Stanley.

No trabalho "Fórum Econômico Global", divulgado ontem, a instituição atribui essa previsão a dois motivos: primeiro, uma desaceleração no crescimento da Ásia, e em especial da China, afetará bastante a demanda pela commodity; e, segundo, a alta persistente do mercado futuro está preocupando o mundo industrial, que está exigindo, e acabará conseguindo, acelerar a substituição do petróleo por combustíveis alternativos.

O banco lembra que os US$ 40 por barril que agora ele projeta, estão muito cima do teto da banda de preços adotada pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que flutuava entre US$ 22 e US$ 28 o barril. "A Opep arquivou essa banda de preços, e parece visualizar um novo teto de US$ 50 o barril", diz o banco. "Provavelmente isso significa que o cartel está satisfeito com o preço do Brent variando entre US$ 40 e US$ 55. Mas a Arábia Saudita está aumentando o preço do seu produto em relação aos óleos de referência, tornando-o menos atraente".



Fonte: O Estado de S.Paulo
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar