acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Evento

Momento político e econômico da AL será debatido em evento do CEAL na Bolívia

25/04/2016 | 14h51

“Oportunidades e Investimentos em Tempos Difíceis” na América Latina é o tema central da cúpula dos mais influentes empresários do continente, a ser promovida pela Junta Ampliada Bolívia do CEAL – Conselho Empresarial da América Latina, nos dias 28 e 29 de abril, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. Entre as autoridades convidadas para o evento estão: o presidente da Bolívia, Evo Morales; o ex-presidente boliviano, Carlos Mesa; ministro de Economia e Finanças da Bolívia, Luiz Alberto Arce e o governador de Santa Cruz, Rubén Costas, Ministro do Paraguay Gustavo Leite, Ministro do Panamá Nestor Gonzaez, ex-presidente do Peru Alejandro Toledo.

Com a presença esperada de 150 líderes empresariais e políticos de quase todos os países da região, o evento será aberto no dia 28 com um painel dedicado à análise e ao debate da Situação Política e Econômica da América Latina. Entre os participantes desse painel estará o empresário brasileiro Roberto Giannetti da Fonseca, presidente do CEAL Brasil. A coordenação do evento está a cargo de Ingo Plöger, brasileiro, presidente do CEAL Internacional.

Outro brasileiro, o empresário e economista Ricardo Sennes, da Prospectiva, consultoria estratégica especializada em políticas pública e regulatórias, fará uma apresentação tendo como foco Investimentos em Tempos Difíceis. Esse painel se dedicará à análise do cenário econômico internacional, marcado por uma desaceleração na Ásia e na Europa, além de um frágil crescimento dos Estados Unidos, que tende a comprometer as economias de vários países da América Latina, cuja expansão em 2016 não deverá ultrapassar a média de 1% a 2%, afetada pela queda na demanda e nos preços de commodities agrícolas e de mineração.

No painel Desenvolvimento sustentável com inserção, serão colocadas em evidências as seguintes questões: Como se dará a transformação social nas Américas? Qual será o papel das mulheres nas empresas latino-americanas? Como integrar as diferenças culturais e as mudanças da globalização? Quais são as grandes agendas em comum e quais as separam o continente? Entre os participantes desse painel está Christian Lohbauer, vice-presidente de Assuntos Corporativos e Governamentais da Bayer do Brasil; e a empresária brasileira Maria Beatriz Bley, do Planeta Orgânico, um portal na web em atividade desde o ano de 2000 e que é considerado uma referência no mercado de produtos orgânicos.

Outros dois painéis de destaque: um que tratará das Novas oportunidades em tempos difíceis em uma América sem Fronteiras e discutirá, entre outros pontos, quais cadeias produtivas tem oportunidade de êxito, assim como qual o papel das pequenas e médias empresas no futuro do continente. Já o outro painel abordará as Oportunidades de negócios na Bolívia: investimentos públicos e privados e tem como objetivo mostrar aos investidores o potencial do país como nova plataforma de negócios no continente.

Além de palestrantes do Brasil e do país sede, a Bolívia, estão confirmadas as participações de representantes da Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Equador, Espanha, Estados Unidos, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Perú, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Sobre o CEAL

O Conselho Empresarial da América Latina (CEAL) é uma organização constituída importantes empresários do continente. Foi criado há 26 anos, na Cidade do México, com o objetivo de estimular a participação de seus membros nos fluxos comerciais, investimentos, de intercâmbio e cooperação, em todas as áreas em que o setor privado possa contribuir para o fortalecimento dos seus laços mútuos e progresso socioeconômico da América Latina. Tendo como principal meta a integração do continente, o CEAL reúne, atualmente, mais de 600 líderes empresariais, dirigentes e acionistas de empresas, agrupados em 21 capítulos, localizados na América Latina, Estados Unidos, Península Ibérica e no Caribe. Seu intuito é promover o papel fundamental da comunidade de negócios da América Latina no desenvolvimento econômico da região. O CEAL hoje é considerado a voz do empresariado da América Latina, que se engaja por uma América sem fronteiras. Ingo Plöger, empresário brasileiro, é o atual presidente internacional do CEAL.

 



Fonte: Assessoria/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar