acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Moagem de cana continua inferior à safra passada

27/09/2011 | 14h44
A moagem de cana-de-açúcar pelas unidades produtoras da região Centro-Sul do Brasil atingiu 36,89 milhões de toneladas na primeira quinzena de setembro, um recuo de 1,63% quando comparada a igual período de 2010, e de 9,03% relativamente aos últimos quinze dias de agosto de 2011. No acumulado desde o início desta safra, o volume processado somou 375,14 milhões de toneladas, ante 417,65 milhões de toneladas registradas no mesmo período do último ano.

O diretor técnico da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), Antonio de Padua Rodrigues, destaca que “embora a safra atual comparativamente à anterior permaneça deficitária em 10,18%, ou aproximadamente 40 milhões de toneladas, a produção de etanol anidro continua crescente”. Esta totalizou 663,03 milhões de litros na primeira quinzena de setembro, aumento de 14,35% frente aos 579,81 milhões de litros observados em igual período do ano anterior. Nessa quinzena, a produção de açúcar também registrou alta: 2,75 milhões de toneladas produzidas, ante 2,65 milhões de toneladas no mesmo período da safra 2010/2011.

Apesar deste aumento na produção quinzenal de açúcar, Rodrigues atenta que “o etanol anidro ainda figura como único produto desta safra, comparando-se com o etanol hidratado e o açúcar, que registrou um aumento produtivo em relação ao último ano”. De fato, no acumulado de abril até 16 de setembro, a produção de etanol anidro atingiu 5,90 bilhões de litros, contra 5,07 bilhões de litros em 2010, resultando em um crescimento de 16,37%. Já a produção acumulada de açúcar somou 23,13 milhões de toneladas desde o início da atual safra, declínio de 8,01% comparativamente as 25,14 milhões de toneladas produzidas no ano anterior.

A produção de etanol hidratado alcançou 935,08 milhões de litros nos primeiros quinze dias de setembro. No acumulado desde o início de abril, o volume produzido foi de 9,47 bilhões de litros, forte retração ante os 13,75 bilhões de litros obtidos em igual período da safra 2010/2011.

A Unica, o Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) e os demais sindicatos e associações de produtores continuarão monitorando a produção e as condições do canavial até o final da safra. De acordo Rodrigues , “as estatísticas acumuladas da safra 2011/2012 indicam que a moagem e as produções de etanol e de açúcar seguem o ritmo esperado, dado o cenário atual de baixa produtividade agrícola. Especialmente a produção de etanol anidro continua a ser priorizada, apesar da já anunciada redução do nível de mistura do produto à gasolina, a partir de outubro”.


Vendas de etanol

As vendas de etanol pelas unidades produtoras da região Centro-Sul, acumuladas de abril até 16 de setembro, somaram 10,06 bilhões de litros - queda de 17,07% comparativamente ao mesmo período da safra passada. Do volume total, 9,15 bilhões de litros destinaram-se ao mercado doméstico, 1,91 bilhão de litros inferior ao observado na safra 2010/2011.

A retração do volume comercializado internamente deve-se ao recuo das vendas de etanol hidratado. Na primeira quinzena de setembro foram vendidos 539,17 milhões de litros do produto, volume 22,40% inferior ao observado na quinzena anterior, e 37,74% abaixo do mesmo período da safra passada. Desde o início da safra foram comercializados 6,35 bilhões de litros, queda de 28,12% em relação à safra anterior.

As vendas de etanol anidro continuam em alta. Nos primeiros 15 dias de setembro foram comercializados 325,41 milhões de litros, aumento de 9,76% em relação à safra anterior. Desse total, foram vendidos no mercado interno 316,28 milhões de litros, 12,46% acima do total vendido na primeira quinzena de setembro do ano passado. No acumulado da safra, o volume comercializado internamente alcançou 3,48 bilhões de litros, alta de 15,93% em relação a safra 2010/2011.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar