acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

MMX obtém nova certificação de recursos minerais

26/04/2013 | 10h23

 

A MMX, mineradora do Grupo EBX, comunicou nesta sexta-feira que os resultados dos relatórios das certificadoras independentes SRK Consulting (SRK) e Coffey Mining (Coffey) para Unidade Serra Azul, Mina Pau de Vinho e Bom Sucesso comprovam 3,6 bilhões de toneladas de recursos minerais auditados. Os recursos das três unidades aumentam 23,7% quando comparados ao Fato Relevante divulgado pela companhia em 31 de agosto de 2011.
Na Unidade Serra Azul, a SRK aferiu que a companhia detém recursos de aproximadamente 2,14 bilhões de toneladas contra 1,73 bilhão de toneladas certificados em agosto de 2011, representando um aumento de 23,7% quando considerado o somatório de recursos minerais medidos, indicados e inferidos.
A companhia destacou o expressivo crescimento no somatório de recursos minerais medidos e indicados para a Unidade Serra Azul, que sai de patamares da ordem de 1,15 bilhão de toneladas para 1,82 bilhão de toneladas nesta nova certificação, representando um incremento de 58,4%. Este aumento é de extrema relevância pois credencia a Unidade Serra Azul, principal ativo minerário e projeto prioritário para MMX, a uma maior conversão de seus recursos minerais em reservas certificadas.
Os ativos minerários Pau de Vinho e Bom Sucesso também obtiveram novas certificações que apresentaram resultados em linha com dados divulgados anteriormente.

A MMX, mineradora do Grupo EBX, comunicou nesta sexta-feira (26) que os resultados dos relatórios das certificadoras independentes SRK Consulting (SRK) e Coffey Mining (Coffey) para Unidade Serra Azul, Mina Pau de Vinho e Bom Sucesso comprovam 3,6 bilhões de toneladas de recursos minerais auditados. Os recursos das três unidades aumentam 23,7% quando comparados ao Fato Relevante divulgado pela companhia em 31 de agosto de 2011.


Na Unidade Serra Azul, a SRK aferiu que a companhia detém recursos de aproximadamente 2,14 bilhões de toneladas contra 1,73 bilhão de toneladas certificados em agosto de 2011, representando um aumento de 23,7% quando considerado o somatório de recursos minerais medidos, indicados e inferidos.


A companhia destacou o expressivo crescimento no somatório de recursos minerais medidos e indicados para a Unidade Serra Azul, que sai de patamares da ordem de 1,15 bilhão de toneladas para 1,82 bilhão de toneladas nesta nova certificação, representando um incremento de 58,4%. Este aumento é de extrema relevância pois credencia a Unidade Serra Azul, principal ativo minerário e projeto prioritário para MMX, a uma maior conversão de seus recursos minerais em reservas certificadas.


Os ativos minerários Pau de Vinho e Bom Sucesso também obtiveram novas certificações que apresentaram resultados em linha com dados divulgados anteriormente.



Fonte: Revista TN Petróleo, Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar