acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Fornecedores

Missão francesa visitará Estado de Pernambuco no mês de junho

03/02/2006 | 00h00

A “onda” de grandes investimentos pela qual tem passado o Complexo Industrial Portuário de Suape parece não chegar ao fim. Após o anúncio da refinaria de petróleo Abreu e Lima (US$ 2,5 bilhões), do estaleiro Camargo Corrêa (US$ 170 milhões) e da fábrica de PET da Mossi & Ghisolfi (US$ 300 milhões), chegou a vez dos empreendimentos de origem francesa.

Em junho, representantes de 40 multinacionais com negócios do País aportarão em Pernambuco para prospectar novas oportunidades no porto.

Entre os grupos internacionais, há nomes como Accor, Saint-Gobain e Arcelor, segunda maior siderúrgica do mundo.

Os interesses dessas empresas vão do fornecimento de insumos industriais até a composição de outras cadeias produtivas. No Brasil, a Arcelor, por exemplo, controla a CST (Companhia Siderúrgica Tubarão), a Vega do Sul, a Belgo Mineira e a Acesita. A empresa - criada em 2002 a partir da fusão da francesa Usinor, da Arbed (de Luxemburgo) e da espanhola Aceralia - pode se tornar um dos fornecedores da Camargo Corrêa para a construção de navios, já que 70% dos insumos utilizados pela holding terão que ser nacionais. A Gerdau, que seria a principal concorrente da Arcelor nesse quesito, não prioriza a produção de aços planos em sua planta local, a Açonorte. Esse material será usado em maior escala pelo estaleiro.

Já a Saint-Gobain, presente no País desde 1937, é proprietária de marcas bastante conhecidas no mercado da construção civil, como Bra-silit, Companhia Vidraria Santa Marina e Argamassas Quartzolit. O grupo Accor, por sua vez, mantém no Brasil o seu segundo maior volume de negócios, depois da França. Em território nacional, a organização reúne 29 marcas nos segmentos de alimentação e restaurantes, hotelaria e marketing.



Fonte: Folha de Pernambuco
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar