acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás natural

Ministro da Bolívia quer dobrar o preço do gás

31/05/2006 | 00h00

A Bolívia tentar fechar com o Brasil um acordo para exportar seu gás natural ao preço de US$ 7,5 por milhão de BTUs (British Termal Unit, medida de energia), disse ontem o ministro boliviano dos Hidrocarbonetos, Andrés Soliz Rada. O Brasil importa hoje cerca de 25 milhões de m³ de gás natural da Bolívia por dia e o Brasil paga cerca de US$ 3,20 por cada milhão de BTUs (um milhão de BTUs equivale a cerca de 28 m³).

O aumento levaria o preço do produto comprado pelo Brasil a mais que o dobro do praticado atualmente, admitiu Soliz. Ele explicou, no entanto que as expectativas bolivianas estão fundamentadas no preço que pagam os consumidores brasileiros por combustíveis "poluentes" e nos US$ 7 que o Chile está disposto a pagar por milhão de BTUs do gás que pretende importar da Indonésia.



Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar