acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Ceará

Micro e pequenas buscam espaço

21/09/2007 | 00h00
Com apenas 6%, o equivalente a R$ 2,2 milhões dos R$ 34,5 milhões em materiais adquiridos pela Lubnor no ano passado e com participação de um terço dos R$ 19,6 milhões gerados no segmento de serviços pelo setor petroleiro no Estado, pequenas e médias empresas cearenses começam a se organizar, no sentido garantir maior espaço no mercado, nos próximos anos. Na noite de ontem, dezenas de pequenos e médios empresários participaram de workshop promovido pela Petrobras, para conhecerem de perto as oportunidades e peculiaridades que a Petrobras exige na contratação de seus serviços.

Segundo o consultor técnico da Petrobras, Cícero Moura, o workshop é parte do projeto de inserção competitiva de micro e empresas no setor de petróleo e gás, através do qual a estatal está treinando e capacitando 40 empresas para lhes atender no futuro. ´Nosso objetivo é estimular que cada vez mais empresas participem da rede Petro´, destacou Moura.

Nesse sentido, ele anunciou a disponibilidade de mais R$ 1,5 milhão, a ser aplicado nos próximos três anos, pela Petrobras, através do Programa de Mobilização da Indústria de Petróleo e Gás -- Prominp. Os recursos se destinam à qualificação dos empresários e empregados nos aspectos de segurança ambiental e saúde, de engenharia e na prestação dos serviços diversos.

Para o presidente da Associação das Empresas da Rede de Petróleo e Gás (Apeg), Hilton Marinho, o setor é promissor, mas ainda fechado pela burocracia e pelo elevado nível de exigências da Petrobras. ´A falta de qualificação é nossa maior dificuldade´, avalia.

Fonte: Diário do Nordeste/CE

Fonte: Diário do Nordeste/
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar