acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
OTC 2014

MFX aposta no mercado internacional

06/05/2014 | 11h27

 

Aposta no mercado internacional
Também seguindo essa linha de internacionalização, a MFX do Brasil, fabricante de umbilicais, vai para a OTC buscando negócios no mercado externo. De acordo com Iwaldo Miranda, responsável pela área de vendas e marketing internacional, a companhia pretende no futuro fabricar umbilicais para regiões como o Mar do Norte, Golfo do México e África. 
Este é o segundo ano da empresa no Pavilhão Brasil. No ano passado, a MFX foi estreante e a OTC foi a primeira feira internacional que companhia participou. 
Há 30 anos fabricando umbilicais, a MFX fica localizada em Salvador, na Bahia, onde possui o próprio porto e fábrica; e ainda um escritório no Rio de Janeiro. A companhia tem dois concorrentes no Brasil (que tem capital internacional), entretanto é a única empresa 100% brasileira.
Segundo o executivo, dentre os principais projetos que a empresa trabalha atualmente estão: P-37; P-52; P-55; P-57; Plano de Antecipação da Produção de Gás (Plangás); Unidade Offshore de Transferência e Exportação (UOTE), na Bacia de Campos; e Papa Terra, piloto de Lula, Baleia Azul, no pré-sal.

Seguindo essa linha de internacionalização, a MFX do Brasil, fabricante de umbilicais, vai para a OTC buscando negócios no mercado externo. De acordo com Iwaldo Miranda, responsável pela área de vendas e marketing internacional, a companhia pretende no futuro fabricar umbilicais para regiões como o Mar do Norte, Golfo do México e África. 

Este é o segundo ano da empresa no Pavilhão Brasil. No ano passado, a MFX foi estreante e a OTC foi a primeira feira internacional que companhia participou. 

Há 30 anos fabricando umbilicais, a MFX fica localizada em Salvador, na Bahia, onde possui o próprio porto e fábrica; e ainda um escritório no Rio de Janeiro. A companhia tem dois concorrentes no Brasil (que tem capital internacional), entretanto é a única empresa 100% brasileira.

Segundo o executivo, dentre os principais projetos que a empresa trabalha atualmente estão: P-37; P-52; P-55; P-57; Plano de Antecipação da Produção de Gás (Plangás); Unidade Offshore de Transferência e Exportação (UOTE), na Bacia de Campos; e Papa Terra, piloto de Lula, Baleia Azul, no pré-sal.



Fonte: Revista TN Petróleo, Redação
Autor: Maria Fernanda Romero
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar