acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indústria naval

Metalúrgicos ameaçam com novas paralisações nos estaleiros

18/04/2006 | 00h00

Representantes dos trabalhadores do setor metalúrgico do Litoral e de empresas do ramo se reuniram ontem à tarde para mais uma rodada de negociações voltada a resolver o impasse em torno do reajuste anual da categoria. Os servidores desejam 10% em cima do piso, mas o sindicato patronal não se propõe a ultrapassar os 5%, já que leva em conta o Índice de Preços do Consumidor (IPC), que variou 4,15% no período.

Sem acordo, os empregados ameaçam paralisar uma grande empresa por pelo menos uma hora, como já fizeram outras quatro vezes desde março, quando começou a mobilização. Dos 22 estaleiros da região, os quatro maiores e outros dois de pequeno porte utilizam a metalurgia no dia-a-dia.

- A oferta que estão fazendo é muito pequena, por isso continuaremos na luta para arrebanhar mais pessoas e paralisar efetivamente - salienta o presidente do Sindicato Trabalhadores na Indústria Metalúrgica, Mecânica e Materiais Elétricos e da Construção Naval, Oscar João da Cunha.

Atualmente, cinco mil pessoas atuam na atividade na região, duas mil somente nos estaleiros locais.

O representante das empresas, Paulo Dutra, destaca que a tendência é chegar aos 5%.

- Não acredito em prejuízos para o setor como um todo, talvez em um ou outro estaleiro menor - pondera o presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Naval.



Fonte: Jornal de Santa Cata
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar