acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gas Summit 2010

Mercado secundário de gás são importantes ao setor, aponta Petrobras

24/05/2010 | 11h02

O mercado secundário de gás no Brasil, que reúne os leilões de curto prazo, são ferramentas importantes para a comercialização de gás natural no país. A afirmação foi feita a pouco pelo gerente executivo de marketing e comercialização da área de gás e energia da Petrobras, Antonio Eduardo Monteiro de Castro, durante apresentação no Gas Summit Latin America 2010. Segundo o executivo, a iniciativa dos leilões não é uma opção da estatal, mas uma necessidade do mercado.

 

Segundo ele, a criação do mercado secundário de gás natural no país foi possível devido aos investimentos realizados pela Petrobras para aumentar a produção nacional de gás natural, diversificar as fontes de suprimento a partir dos terminais de regaseificação de gás natural liquefeito em Pecém e na Baía de Guanabara e ampliar a infraestrutura de transporte.

 

"Os investimentos nesse mercado secundário aumentam a oferta de gás natural e a flexibilidade no atendimento aos segmentos termelétrico e não termelétrico. Os leilões recuperam a competitividade de gás", indica Antonio. O gerente diz ainda que o mercado secundário é uma consequência racional da estrutura do mercado de gás brasileiro e não uma opção da Petrobras.

 

O primeiro leilão eletrônico de gás natural do ano, da Petrobras, teve venda de 6,87 milhões de metros cúbicos/dia. A oferta total foi de 22 milhões de metros cúbicos/dia por um prazo de seis meses. O início de entrega aconteceu no dia 1º de abril, dezesseis distribuidoras de gás natural participaram e arremataram volumes.

 

Antonio comentou que este ano o uso das usinas termelétricas de gás natural foram grandes devido ao alto consumo de energia no início do ano, por causa das altas temperaturas no país. Ele lembrou que no primeiro trimestre de 2009 houve uma maior retração no mercado de gás.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar