acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Energia Elétrica

Mercado livre de energia ganha uma nova comercializadora

10/08/2010 | 10h58
O Grupo Seal, presente no Brasil há mais de 20 anos e é líder na implantação e integração de soluções nos segmentos de automação, telecomunicações e rede, está expandindo a sua atuação e ingressando no mercado de energia.  A Seal Energy nasce com foco principal na comercialização de energia, mas também prestará serviços de consultoria, gestão e administração de contratos. A empresa recebeu, no último dia 2 de agosto, pelo despacho n.º 2.200, a autorização da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) para atuar como agente comercializador de energia elétrica no âmbito da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

 
Atualmente 25% de toda a energia consumida no Brasil é transacionada no mercado livre. Além disso, do total da energia elétrica que é utilizada com fins industriais, 50% chega até os consumidores por meio dos agentes comercializadores. Esse cenário aliado ao fato de estar amparada por profissionais experientes motivaram o Grupo Seal a ingressar em um mercado que até então não explorava.


Fazem parte do quadro diretivo da empresa Rodrigo Cosac Nacacio, diretor comercial e Antonio Miguel Botta, diretor técnico. Ambos já atuaram em outras comercializadoras, distribuidoras de energia elétrica e na própria CCEE, que é responsável pelo ambiente no qual são transacionadas todas as operações do setor.


"É do nosso perfil empreendedor investir em mercados emergentes onde possamos trazer uma contribuição importante para seu desenvolvimento e crescimento.Nossa base tecnológica e empresarial aliada á expertise dos profissionais empenhados nesse projeto, com certeza, trarão bons frutos. A ideia é, a longo prazo, tornar a Seal Energy referência em seu mercado, assim como as demais empresas do Grupo", explica Moisés Skitnevsky, presidente  do Grupo Seal.  


A Seal Energy concentrará seus esforços no mercado industrial de grande porte, demandador de altos volumes de energia. A empresa irá negociar não só com as companhias geradoras estatais e privadas, mas também com outras comercializadoras que já atuam no setor.


"A nossa missão é trazer maior liquidez para o mercado de energia e construir relacionamentos de longo prazo com nossos clientes e parceiros. Sempre comprometidos com a ética e profissionalismo", explica Rodrigo Nacacio.


Além da Seal Energy, o Grupo Seal é composto pela Seal Sistemas, Seal Telecom e Axyon Distribuidora. A Seal Sistemas foi pioneira e difusora no Brasil da cultura de utilização do código de barras e desenvolveu o primeiro projeto piloto de RFDI da América Latina. A Seal Telecom, fundada em 1999 é especializada na implantação e dimensionamento de sistemas convergentes para comunicação presencial e a distância, utilizando tecnologia de áudio e videoconferência, câmeras de segurança via rede, telefonia IP e rede wireless. O Grupo Seal dispõe atualmente de mais de cinco mil clientes em todo o Brasil.
 


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar