acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Política Industrial

MEI defende política industrial brasileira alinhada à inovação e comércio exterior

18/08/2014 | 10h28

O tema Inovação na Política Industrial foi apresentado pelo cofundador e sócio da Natura, Pedro Passos, nesta sexta-feira (15), durante a reunião do Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), no escritório da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em São Paulo.

Ele reconheceu que, há dez anos, houve retomada da política industrial, mas com poucos resultados.

“Nada do que esperávamos aconteceu. Ao contrário, o Brasil perdeu muitas posições no âmbito mundial por causa do protecionismo. Se queremos política industrial, temos que partir para o ataque”, defendeu Pedro Passos.

O executivo também destacou a importância de o Brasil se posicionar mais firmemente como player internacional.

“Não é mais possível evitar a agenda de inserção internacional visando a um trabalho conjunto com os grandes blocos. Inovação relevante é aquela que nos coloca no jogo do comércio internacional”, pontuou.

O presidente do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, argumentou que é preciso persistir em estratégias setoriais de longo prazo.

Segundo ele, os prazos devem ser de, pelo menos, duas décadas.

“É necessário trabalharmos e identificarmos as particularidades de cada setor – tão distintas entre si. As políticas industriais requerem especificidades”, disse.

Ele concordou com a necessidade de esforço pró-exportação e ressaltou o papel da inovação.

“Temos que estimular investimentos em inovação em automação industrial, de grandes sistemas, com prospecção tecnológica para estratégias de longo prazo”.



Fonte: CNI
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar