acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Política

Mantega: OGX já causou problema à imagem do país

30/09/2013 | 12h34

 

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta segunda-feira (30) que a situação da petroleira OGX, do empresário brasileiro Eike Batista, já causou problema para a imagem do país e para o mercado. Mantega disse esperar que as empresas do Grupo EBX se reequilibrem o mais rápido possível.
“Eu acho que a situação da OGX já causou um problema para a imagem do país e para a bolsa de valores [Bovespa], que teve uma deterioração. Não agora, porque ela está subindo, mas [a bolsa] teve uns 10% de queda por causa dessas empresas [do Grupo EBX]”.
Mantega afirmou esperar que “essas empresas do grupo EBX se reequilibrem “o mais rapidamente possível”. “Espero que eles consigam se ajeitar o mais rápido possível, estancar essa sangria, que isso continua atrapalhando o desempenho da economia brasileira e arranha nossa reputação na bolsa de valores, que é muito boa", afirmou.
O ministro disse que a bolsa de mercadorias e futuros brasileira é uma das melhores do mundo, uma das mais líquidas e das mais seguras do mundo. "Claro que você pode ter uma empresa que não tenha um desempenho suficiente, que deixa a desejar, e nos atrapalha”.
O ministro voltou a afirmar que não cabe ao governo atuar para tentar estancar o sentimento negativo em relação ao Brasil causado pela OGX. "Eu não sei bem qual é a solução que está sendo buscada. É uma solução de mercado, não é o governo que deve fazer alguma coisa".
Ele tinha declarado opinião semelhante na semana passada, em Nova York.
Bovespa
Há um mês, o presidente da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), Edemir Pinto, negou que o desempenho negativo das "empresas X", do empresário Eike Batista, teria “manchado” a imagem da instituição no exterior, mas admitiu ter ficado frustrado com os resultados.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta segunda-feira (30) que a situação da petroleira OGX, do empresário brasileiro Eike Batista, já causou problema para a imagem do país e para o mercado. Mantega disse esperar que as empresas do Grupo EBX se reequilibrem o mais rápido possível.


“Eu acho que a situação da OGX já causou um problema para a imagem do país e para a bolsa de valores [Bovespa], que teve uma deterioração. Não agora, porque ela está subindo, mas [a bolsa] teve uns 10% de queda por causa dessas empresas [do Grupo EBX]”.


Mantega afirmou esperar que “essas empresas do grupo EBX se reequilibrem “o mais rapidamente possível”. “Espero que eles consigam se ajeitar o mais rápido possível, estancar essa sangria, que isso continua atrapalhando o desempenho da economia brasileira e arranha nossa reputação na bolsa de valores, que é muito boa", afirmou.


O ministro disse que a bolsa de mercadorias e futuros brasileira é uma das melhores do mundo, uma das mais líquidas e das mais seguras do mundo. "Claro que você pode ter uma empresa que não tenha um desempenho suficiente, que deixa a desejar, e nos atrapalha”.


O ministro voltou a afirmar que não cabe ao governo atuar para tentar estancar o sentimento negativo em relação ao Brasil causado pela OGX. "Eu não sei bem qual é a solução que está sendo buscada. É uma solução de mercado, não é o governo que deve fazer alguma coisa".


Ele tinha declarado opinião semelhante na semana passada, em Nova York.



Bovespa


Há um mês, o presidente da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), Edemir Pinto, negou que o desempenho negativo das "empresas X", do empresário Eike Batista, teria “manchado” a imagem da instituição no exterior, mas admitiu ter ficado frustrado com os resultados.



Fonte: G1
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar