acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Política

Mantega diz que governo não vai 'abandonar' a indústria

13/03/2012 | 17h27
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta terça-feira (13), durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal, que o governo não vai "abandonar" a indústria no Brasil. No ano passado, a indústria foi o setor que menos cresceu. No caso da indústria de transformação, o crescimento foi de apenas 0,1% sobre 2010.

"Nesta semana, vou me reunir com cinco novos setores. Vou mexer na alíquota [sobre o faturamento]. Aquilo [desoneração da folha anunciada em 2011, parte do Brasil Maior, plano de estímulo à indústria] foi um ensaio. Agora, estamos mais prontos. Temos mais segurança. Haverá um anúncio, colocando mais setores [na desoneração da folha], com uma alíquota menor [sobre o faturamento] em breve", disse ele a parlamentares.

Na última sexta-feira (9), após reunião com empresários em São Paulo, o ministro informou que está convidando novos setores a entrar no processo de desoneração da folha e está discutindo qual alíquota substituirá o pagamento do INSS. Atualmente, em troca de 20% de pagamento sobre a folha, é cobrada alíquota de 1,5% sobre o faturamento das empresas do setores confecção, calçados e tecnologia da informação.

"Não vamos abandonar a indústria. Precisamos da indústria, pois produz tecnologia. A produtividade foi fraca em 2011, mas em 2010 não foi fraca. Temos de reduzir custo de infraestrutura, de energia, financeiro, tributário. Essa é uma pauta permanente do governo para aumentar a produtividade da indústria", acrescentou Mantega nesta terça-feira.


Fonte: G1
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar