acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

MAN Latin America testará o Ultra CleanTM Diesel no Brasil

07/07/2011 | 15h58
Roberto Cortes, presidente da MAN Latin America, assinou uma carta de intenções com a empresa norte-americana de biotecnologia LS9 para testes do Ultra CleanTM Diesel, um biodiesel mais avançado que será testados no Brasil, em caminhões e ônibus Volkswagen. Pioneira no desenvolvimento do biodiesel e da tecnologia flex GNV + Diesel no Brasil, a montadora será também a primeira no mundo a testar a nova solução, mais simples e de menor custo que os biocombustíveis já desenvolvidos com matérias-primas de origem vegetal.
 
“Queremos oferecer mais alternativas de combustíveis renováveis e alternativos para nossos clientes aqui e no exterior”, diz Cortes.

O Ultra CleanTM Diesel é produzido a partir da fermentação de açúcares de plantas e através da biossíntese do ácido graxo, graças à ação de bactérias modificadas geneticamente. É um processo biotecnológico bastante eficiente na conversão de açúcares em biocombustíveis porque dispensa etapas industriais extras, com menores custos de produção. Além de ser mais avançado por ter melhor combustão, suporta períodos mais longos de armazenagem e não cristaliza quando utilizado em menor temperatura ambiente.

Somam-se a essas inovações as vantagens já conhecidas do biodiesel: o biocombustível da LS9 não contém benzeno e tem baixíssimos teores de enxofre (ambas as substâncias estão presentes no óleo diesel convencional e são nocivas à saúde).
 
“A sociedade e o poder público querem mais garantias à preservação ambiental, dando preferência crescente ao uso de combustíveis renováveis em frotas de transporte público, por exemplo. Por isso estamos abrindo o leque de possibilidades com o Ultra CleanTM Diesel”, explica o presidente da MAN Latin America.

Tecnologia e testes

Sediada em San Francisco (EUA), a LS9 propôs a parceria à MAN Latin America devido ao avanço de suas pesquisas em biocombustíveis no Brasil. Especializada em biotecnologia, a empresa fornecerá seu combustível para início dos testes e avalia a possibilidade de produzi-lo no Brasil, mais perto do mercado potencial de veículos comerciais e das fontes de matéria-prima.

A primeira fase de testes, prevista para o segundo semestre de 2011, prevê testes em bancada dinamométrica com motores utilizados nos caminhões e ônibus Volkswagen, avaliando nível de emissões, desempenho (torque, potência e consumo específico) e durabilidade acelerada. Serão avaliadas diferentes misturas de biodiesel da LS9 ao óleo diesel convencional, além do biocombustível puro. Na sequência, já em 2012, a Engenharia da MAN Latin America realizará testes de campo com caminhões e ônibus Volkswagen durante 12 meses.

“A cooperação com a MAN Latin America reforça nosso compromisso de produzir biocombustíveis com boa relação custo-benefício e alta qualidade, além de amplamente sustentáveis e renováveis para oferta a clientes globais”, diz Ed Dineen, presidente da LS9.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar