acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
PD&I

Mais recursos para pesquisa e valorização do esforço de cientistas

10/05/2017 | 10h32

Na entrega do Prêmio Almirante Álvaro Alberto, no Rio de Janeiro, Gilberto Kassab afirmou que MCTIC trabalha pela recuperação dos recursos da pasta e destacou que a luta por 2% do PIB para ciência é de todos.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, disse na noite desta terça-feira (9), em evento no Rio de Janeiro, que o ministério trabalha pela recuperação de recursos federais para as áreas de atuação da pasta e ressaltou o papel de cientistas brasileiros na luta por recursos para pesquisa, ciência e inovação.

O ministro também destacou o papel de entidades de cientistas. "A SBPC [Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência] e a ABC [Academia Brasileira de Ciências] têm sido fundamentais na condução das políticas públicas do país e muito combativas em prol da pesquisa e da ciência", afirmou Kassab.

"Sou solidário e testemunha de que a ciência brasileira carece de mais recursos. E é luta de todos nós para que o país possa alcançar 2% do seu PIB [Produto Interno Bruto] para pesquisa e ciência", completou.

Kassab participou da entrega do prêmio Almirante Álvaro Alberto ao biólogo Samuel Goldenberg. O reconhecimento é conferido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) em parceria com a Fundação Conrado Wessel e a Marinha do Brasil.

Também foram concedidos títulos de pesquisador emérito a dez cientistas e oferecida menção especial de agradecimentos ao secretário estadual de Desenvolvimento Florestal, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis do Acre, Sibá Machado.

Na cerimônia, foram empossados 15 novos membros da ABC em áreas como ciências físicas, ciências da saúde e ciências sociais, responsáveis por pesquisas em diferentes áreas de conhecimento, como enfrentamento ao vírus zika, estudos em antropologia e matemática aplicada. Entre os novos acadêmicos, dois são diretores de institutos de pesquisa vinculado ao MCTIC: o diretor do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron, Antonio José Roque da Silva, e o diretor do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, Ronald Cintra Shellard.

Agraciado

O cientista Samuel Goldenberg possui graduação, mestrado e doutorado em biologia molecular, e é pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz desde 1982. Desenvolve pesquisa em parasitologia e tem reconhecimento pelo papel no enfrentamento ao agente transmissor da doença de Chagas.

"Quando recebi o telefonema e o interlocutor se identificou como o ministro Kassab e que eu seria o premiado, fiquei surpreso, porque não imaginava que fosse agraciado. Foi uma grande surpresa", disse Goldemberg.

Cientistas no evento ressaltaram a importância de recursos para o desenvolvimento da pesquisa científica e a preocupação com o seu financiamento, como fez Goldenberg em seu discurso de agradecimento.

O presidente da ABC, Luiz Davidovich, citou campos de pesquisa no país que contribuem com o desenvolvimento econômico e apontou a necessidade de apoio para que esses setores evoluam.

Participaram da cerimônia, na Escola Naval no Rio de Janeiro, os presidentes da SBPC, Helena Nader, da ABC, Luiz Davidovich, do CNPq, Mario Neto Borges, e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Marcos Cintra, os secretários de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação, Alvaro Prata, e de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento, Jailson Andrade, além do comandante da Marinha do Brasil, almirante-de-esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira.

 

 

 



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar