acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Negócios

Maemfe inicia parceria com empresa espanhola

16/05/2013 | 10h15

 

Com mais de 20 anos no setor offshore, a CN SIGLO XXI atua no campo de fabricação de todo tipo de grandes estruturas especiais e pontes metálicas. Além de fabricar os módulos da Ponte de Oresund, maior ponte ferroviária da Europa, a empresa construiu as passarelas de fluxo do Aeroporto Barajas, entre diversos projetos. Na área de caldeiraria naval, a espanhola tem em seu portfolio diversas plataformas para tubulações, fabricação e montagem de blocos em dique, elementos auxiliares a bordo, entre outros.
Para Jorge Dobao, diretor da Maemfe, a parceria representa um salto importante para a metalúrgica no mercado offshore. “Estamos alinhados com a direção estratégica da exploração e produção no Brasil”.
No final do ano passado, a brasileira começou a fabricar a primeira remessa de portas corta-fogo em parceria com a norueguesa Rapp Bomek. As parcerias internacionais visam suprir o mercado nacional com transferência de tecnologia à empresas Brasileiras.

A Maemfe estabeleceu uma cooperação tecnológica com a espanhola CN SIGLO XXI. A parceria visa ampliar a participação da metalúrgica brasileira no ramo de caldeiraria naval.

 

Com mais de 20 anos no setor offshore, a CN SIGLO XXI atua no campo de fabricação de todo tipo de grandes estruturas especiais e pontes metálicas. Além de fabricar os módulos da Ponte de Oresund, maior ponte ferroviária da Europa, a empresa construiu as passarelas de fluxo do Aeroporto Barajas, entre diversos projetos. Na área de caldeiraria naval, a espanhola tem em seu portfolio diversas plataformas para tubulações, fabricação e montagem de blocos em dique, elementos auxiliares a bordo, entre outros.


Para Jorge Dobao, diretor da Maemfe, a parceria representa um salto importante para a metalúrgica no mercado offshore. “Estamos alinhados com a direção estratégica da exploração e produção no Brasil”.


No final do ano passado, a brasileira começou a fabricar a primeira remessa de portas corta-fogo em parceria com a norueguesa Rapp Bomek. As parcerias internacionais visam suprir o mercado nacional com transferência de tecnologia à empresas Brasileiras.

 



Fonte: Revista TN Petróleo, Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar