acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Lucro das petrolíferas aumenta

29/04/2005 | 00h00

 Impulsionadas pela alta demanda por petróleo, que está superando o aumento de oferta, petrolíferas como a Royal Dutch/Shell e a Exxon Mobil estão registrando lucros recordes. A Shell superou ontem as projeções dos analistas e registrou alta de 28% no lucro do primeiro trimestre. O resultado também foi ajudado pelas boas margens em suas operações de refino. O lucro do grupo em termos de custo de suprimento corrente (CCS, na sigla em inglês) subiu a US$ 5,548 bilhões, incluindo US$ 220 milhões em ganhos extraordinários, gerados principalmente pela venda de ativos.
A Exxon, a maior empresa petrolífera mundial com ações comercializadas em bolsa, disse que seu lucro subiu 44% no primeiro trimestre deste ano, passando a US$ 7,86 bilhões, devido à disparada dos preços dos combustíveis. O lucro líquido da empresa no mesmo período de 2004 foi de US$ 5,44 bilhões. A receita subiu 21%, para US$ 82,1 bilhões.
No ano passado, a Exxon Mobil registrou lucro de US$ 25,3 bilhões, o segundo maior resultado obtido na história empresarial dos Estados Unidos.
Lee Raymond, principal executivo da Exxon, está ampliando a produção de petróleo na África e construindo novas fábricas de produtos químicos na Ásia, num momento em que as economias em expansão utilizam um volume maior de combustível e de plásticos.
Os números da Shell e da Exxon seguem-se a anúncios de lucros superiores aos esperados pelas suas rivais, a européia BP, de maior porte, e a americana ConocoPhillips.
Ontem, o WTI fechou em US$ 51,77, com alta de 16 centavos de dólar. O tipo Brent foi cotado em US$ 52,79 no final do pregão, com alta de 50 centavos de dólar.



Fonte: Valor Econômico/ag.
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar