acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Logística

Log-In volta ao lucro no 4º trimestre

25/02/2014 | 09h08

 

A Log-In Logística Intermodal saiu de um prejuízo de R$ 8 milhões no quarto trimestre de 2012 para lucro líquido consolidado de R$ 4,1 milhões em igual período de 2013, segundo a prévia de resultados divulgada ontem pela empresa. As informações são preliminares e estão sujeitas à revisão dos auditores externos. O resultado oficial será divulgado em 19 de março.
Segundo a companhia, as melhorias operacionais, as receitas do Adicional de Frete para a Renovação da Marinha Mercante (AFRMM) e a reversão de créditos de tributários ajudaram a aumentar o resultado líquido. Mas houve um impacto negativo com o resultado financeiro, por conta da variação cambial incidente sobre os financiamentos de longo prazo em dólares.
Os volumes de cabotagem no período cresceram 19,8%, na comparação com igual período de 2012. No acumulado de 2013, o avanço atingiu 25,2%, com recorde histórico de 109,8 mil TEUs (medida usada para calcular o volume de um contêiner).
O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês), ajustado para excluir a participação em investimentos e perdas de capital em operações descontinuadas, somou R$ 27,6 milhões no quarto trimestre, 26% acima dos R$ 22 milhões registrados um ano antes. Em 2013, o Ebitda ajustado atingiu R$ 159,8 milhões, alta de 41%. A margem Ebitda cresceu de 10,6% para 11,8% no período.

A Log-In Logística Intermodal saiu de um prejuízo de R$ 8 milhões no quarto trimestre de 2012 para lucro líquido consolidado de R$ 4,1 milhões em igual período de 2013, segundo a prévia de resultados divulgada ontem pela empresa. As informações são preliminares e estão sujeitas à revisão dos auditores externos. O resultado oficial será divulgado em 19 de março.


Segundo a companhia, as melhorias operacionais, as receitas do Adicional de Frete para a Renovação da Marinha Mercante (AFRMM) e a reversão de créditos de tributários ajudaram a aumentar o resultado líquido. Mas houve um impacto negativo com o resultado financeiro, por conta da variação cambial incidente sobre os financiamentos de longo prazo em dólares.


Os volumes de cabotagem no período cresceram 19,8%, na comparação com igual período de 2012. No acumulado de 2013, o avanço atingiu 25,2%, com recorde histórico de 109,8 mil TEUs (medida usada para calcular o volume de um contêiner).


O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês), ajustado para excluir a participação em investimentos e perdas de capital em operações descontinuadas, somou R$ 27,6 milhões no quarto trimestre, 26% acima dos R$ 22 milhões registrados um ano antes. Em 2013, o Ebitda ajustado atingiu R$ 159,8 milhões, alta de 41%. A margem Ebitda cresceu de 10,6% para 11,8% no período.

 



Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar