acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
BNDES

Linha de crédito deve chegar a R$ 80 bilhões este ano

29/10/2008 | 03h32

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) trabalha com desembolso da ordem de R$ 80 bilhões para 2008 por conta do ritmo elevado de crescimento da economia brasileira e da franca expansão da atividade industrial do país. Esse montante deverá representar um aumento de cerca de 25% em relação ao volume financiado no ano anterior – período histórico para a instituição financeira. 

Essa aceleração do investimento veio acompanhada por uma mudança importante de perfil. Na indústria, os projetos que, nos anos 1990 e no início da década de 2000 eram basicamente voltados para modernização da capacidade de produção (brownfield), deram lugar a inversões em novas plantas de grande porte (greenfield). Aí se destacam os setores de insumos básicos – siderurgia, papel e celulose e petroquímica. 

Em termos setoriais, a expectativa do BNDES é de que haja, nos próximos quatro anos, uma taxa de expansão média de 13,2% ao ano nos investimentos em infra-estrutura e de 12,4% ao ano na indústria, frente ao período 2003/2006. De acordo com estudo da área de pesquisa e acompanhamento econômico do BNDES, encabeçada por Ernani Torres Teixeira Filho, nesse cenário, vislumbra-se que a taxa de investimento do país atinja, aproximadamente, 21% como proporção do PIB em 2010. 

Dentre alguns dos principais projetos aprovados em 2007 para o setor industrial cabe destacar a implantação de infra-estrutura para a exploração de minério de ferro associado à construção de um terminal portuário, no Porto do Açu (RJ) e de um mineroduto de 550 quilômetros pela MMX Minas-Rio no valor de R$ 2,32 bilhões, além do financiamento à construção de 10 navios Suezmax para transporte de petróleo cru pela Atlântico Sul/Transpetro, alcançando R$ 1,26 bilhão. No período, o BNDES aprovou crédito para a aquisição de máquinas e equipamentos nacionais pela CSA para a construção de uma usina siderúrgica no Rio de Janeiro, de R$ 1,48 bilhão.

 



Fonte: Jornal Energia & Negócios
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar