acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Linde expande suas operações no Brasil

05/02/2013 | 15h08

 

Uma das líderes mundiais no setor de gases industriais e medicinais, a Linde ampliará suas operações no Brasil. A empresa investirá, na Cidade Industrial de Curitiba, capital paranaense, 50 milhões de Euros na construção de uma nova unidade de produção de gases do ar - oxigênio, nitrogênio e argônio - que são suprimentos fundamentalmente utilizados por uma vasta gama de processos industriais e hospitalares.
A futura fábrica da Linde em Curitiba se localizará junto à planta da Peróxidos do Brasil, que será sua principal consumidora. A Peróxidos do Brasil utilizará parte dos gases da Linde para a produção de peróxido de hidrogênio. A Linde em Curitiba também terá capacidade de produção para atender aos mercados industrial e medicinal da Região Sul.
Este novo investimento faz parte dos planos de expansão dos negócios do Grupo Linde no país e confirma a expectativa positiva do grupo em suas operações brasileiras. “Este projeto visa ampliar a nossa capacidade de produção para atender ao crescimento atual e futuro das demandas dos vários segmentos industriais da região Sul, como a Peróxidos”, afirma Magnus Karlson, gerente Geral da Linde no Brasil. Na região Sul, além de Curitiba, a Linde também está presente com unidades comerciais em Cambé/PR, Canoas/RS e Chapecó/SC.
“Esta parceria propiciará várias sinergias. A Linde, além de se instalar em área da PBL, também utilizará, entre outros serviços e equipamentos, a nossa subestação de energia elétrica. A Peróxidos, por sua vez, se beneficiará do recebimento de gases via tubulação, em um processo just in time, que otimizará a logística ”, esclarece Bruno Jestin, diretor-geral da Peróxidos do Brasil.
Com esta nova fábrica, a Linde projeta um significativo aumento em suas vendas e consequente crescimento de participação de mercado na região Sul. “Este investimento é muito importante para as indústrias da região Sul, que passam a contar com maior disponibilidade de produtos e ter a Linde como uma excelente opção em gases, tecnologias e serviços para seus processos industriais”, ressalta Karlson.

Uma das líderes mundiais no setor de gases industriais e medicinais, a Linde ampliará suas operações no Brasil. A empresa investirá, na Cidade Industrial de Curitiba, capital paranaense, 50 milhões de Euros na construção de uma nova unidade de produção de gases do ar - oxigênio, nitrogênio e argônio - que são suprimentos fundamentalmente utilizados por uma vasta gama de processos industriais e hospitalares.


A futura fábrica da Linde em Curitiba se localizará junto à planta da Peróxidos do Brasil, que será sua principal consumidora. A Peróxidos do Brasil utilizará parte dos gases da Linde para a produção de peróxido de hidrogênio. A Linde em Curitiba também terá capacidade de produção para atender aos mercados industrial e medicinal da Região Sul.


Este novo investimento faz parte dos planos de expansão dos negócios do Grupo Linde no país e confirma a expectativa positiva do grupo em suas operações brasileiras. “Este projeto visa ampliar a nossa capacidade de produção para atender ao crescimento atual e futuro das demandas dos vários segmentos industriais da região Sul, como a Peróxidos”, afirma Magnus Karlson, gerente Geral da Linde no Brasil. Na região Sul, além de Curitiba, a Linde também está presente com unidades comerciais em Cambé/PR, Canoas/RS e Chapecó/SC.


“Esta parceria propiciará várias sinergias. A Linde, além de se instalar em área da PBL, também utilizará, entre outros serviços e equipamentos, a nossa subestação de energia elétrica. A Peróxidos, por sua vez, se beneficiará do recebimento de gases via tubulação, em um processo just in time, que otimizará a logística ”, esclarece Bruno Jestin, diretor-geral da Peróxidos do Brasil.


Com esta nova fábrica, a Linde projeta um significativo aumento em suas vendas e consequente crescimento de participação de mercado na região Sul. “Este investimento é muito importante para as indústrias da região Sul, que passam a contar com maior disponibilidade de produtos e ter a Linde como uma excelente opção em gases, tecnologias e serviços para seus processos industriais”, ressalta Karlson.

 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar