acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indústria naval

Licitação da Transpetro atrai fornecedores

03/04/2006 | 00h00

Atentas ao Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef), através do qual a Transpetro pretende encomendar 42 navios a estaleiros brasileiros nos próximos anos, empresas estrangeiras de equipamentos navais começam a garantir mercado no Brasil. A Wärtsila, produtora de motores e grandes equipamentos navais, e a TTS Marine, fabricante de equipamentos de convés, intensificaram suas participações com a instalação de unidades produtivas no país.

A Wärtsila assinou um contrato com a Nuclep, garantindo o direito para a empresa brasileira de produzir os equipamentos de acordo com as especificações da matriz dinamarquesa e a TTS Marine, originária da Noruega, assinou um contrato de parceria com a Techlabor para fabricação dos equipamentos no Brasil.

Para o presidente da Transpetro, Sérgio Machado, o movimento das empresas confirma a capacidade do setor naval de desenvolver vários setores da economia. "Essa indústria tem um efeito multiplicador muito amplo", justificou, em sua palestra entitulada "Renascimento da Indústria naval brasileira: o sucesso da licitação da Transpetro", realizada nesta segunda-feira (03/04), na Câmara Americana de Comérico do Rio de Janeiro (Amcham-Rio).

Durante o evento, Machado reiterou que os 26 navios, que serão encomendados na primeira fase do Promef, estarão flutuando até o final de 2006. A expectativa do executivo é de que o primeiro contrato seja assinado ainda ao final de abril.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar