acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás Natural

Licitação da boliviana YPFB é para entrega de 22,7 milhões de m³ até 2026

17/01/2007 | 00h00

Nove empresas petroleiras, incluindo a Petrobras, se habilitaram junto à estatal boliviana Yacimientos Petrolíferos Fiscales de Bolívia (YPFB) a fornecer gás natural para a Argentina durante os próximos 20 anos. As propostas das companhias foram abertas ontem em Santa Cruz de la Sierra e serão analisadas pela direção da YPFB nos próximos dias. O resultado deve ser divulgado na sexta-feira.

A concorrência visa a cumprir o contrato de fornecimento de gás ao mercado argentino assinado em outubro do ano passado, segundo o qual a YPFB se compromete a entregar até 27,7 milhões de metros cúbicos por dia até 2026.

Três companhias que têm operações no país vizinho - Andina, Matpetrol e Petrobras Energía, subsidiária argentina da estatal brasileira - não apresentaram propostas, alegando que não têm reservas disponíveis.

Além da Petrobras, houve propostas das empresas Don Won, Canadian Energy, Pluspetrol, Vintage, Chaco, Total, Repsol e BG. A ABI informa que, de acordo com as avaliações preliminares, o volume de produção proposto pelas empresas ultrapassa o contrato com a Argentina. Nesse caso, a encomenda será rateada entre as companhias, para que todas se beneficiem do contrato, que prevê exportações a um preço inicial de US$ 5 por milhão de BTU.



Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar