acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Linhas de transmissão

Leilão das usinas do Madeira será no dia 31 de outubro

12/09/2008 | 09h19

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) marcou para 31 de outubro o leilão para escolha das concessionárias que vão operar as linhas de transmissão e construir as subestações de transmissão de energia elétrica das usinas do Complexo Hidrelétrico do Rio Madeira, em Rondônia.

 

Essas redes vão interligar a energia gerada ao Sistema Interligado Nacional (SIN), controlado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

 

O edital do leilão foi aprovado hoje (11) pelo Conselho Diretor da Aneel e será publicado na edição do Diário Oficial da União de amanhã. O leilão será realizado às 10h, na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro.

 

A construção das linhas e subestações deverá ser concluída em prazos que variam entre 34 a 48 meses, a partir da assinatura dos contratos de concessão, com duração de 30 anos. Os contratos prevêem a instalação, a operação e a manutenção dos empreendimentos.

 

De acordo com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), os investimentos totais se situam na casa dos R$ 7,2 bilhões. O leilão compreende a transmissão de corrente contínua, de corrente alternada ou de transmissão mista.

 

As opções tecnológicas de transmissão mista ou de corrente contínua ou alternada, segundo explica o presidente da Aneel, Jerson Kelman atende à diretriz traçada pelo Ministério de Minas e Energia com o objetivo de estimular a concorrência e também obter menores custos tarifários.

 

O trecho mais longo das linhas é de 2.375 quilômetros, entre a coletora de Porto Velho e a de Araquara, para a transmissão de 600 quilovolts. A segunda maior linha terá 380 quilômetros, entre a capital matogrossense de Cuiabá e a cidade Rio Araguaia, em Goiás.

 

Na seqüência, as linhas entre Colorado do Oeste (RO) e Jauru (MT) - com 320 quilômetros; de Água Vermelha a Araraquara (SP) – com 320 quilômetros - e de Ribeirãozinho (MT) a Rio Verde, em Goiás - com 242 quilômetros.

 

No dia 26, a Aneel vai realizar uma reunião com os empreendimentos candidatos ao leilão para explicar os procedimentos da disputa, que será conduzida pela Bolsa de Valores. A entrega dos documentos para inscrição será no dia 29 de outubro, das 9h às 14h na Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC), na capital paulista.

 

As garantias das empresas candidatas ao leilão deverão ser depositadas nesse mesmo dia até às 14 horas na CBLC. A relação das empresas aptas vai ser divulgada no dia 30 de outubro, no site da Aneel (www.aneel.gov.br).

 

O resultado do leilão será homologado no dia 17 de dezembro.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar