acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Leilão A-5: empresas devem ter maior prazo

22/08/2012 | 10h42

 

O diretor de estudos de Energia Elétrica da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), José Carlos de Miranda Farias, afirmou na terça-feira (21) que o prazo para que empresas interessadas em participar do leilão A-5 (previsto para o próximo mês de outubro) entreguem licenças pode vir a ser postergado.
Sem revelar novas datas, o executivo sinalizou que a concessão de licenças prévias teria sido afetada por greves ocorridas em órgãos ambientais. O prazo inicial para a entrega das licenças se encerraria na próxima segunda-feira (27).
"Estamos em processo de reavaliação de tempo. O Ministério está decidindo a questão de eventualmente darmos um prazo maior para termos a licença prévia de Sinop e outras usinas, de forma a contarmos com essas importantes usinas no leilão", afirmou Farias.
A decisão sobre a extensão do prazo estaria associada ao número de projetos que ainda precisam apresentar licença prévia, assim como do tempo que seria necessário para que essas licenças sejam entregues.
O leilão A-5 está previsto para o próximo dia 22 de outubro, menos de duas semanas após a realização do leilão A-3, com entrega de energia prevista para o início de 2015. O leilão A-5 garante o fornecimento de energia a partir de 2017. A partir do próximo ano, o governo pretende ajustar a data do certame e retomar a realização de leilões A-3 entre os meses de abril e maio.

O diretor de estudos de Energia Elétrica da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), José Carlos de Miranda Farias, afirmou na terça-feira (21) que o prazo para que empresas interessadas em participar do leilão A-5 (previsto para o próximo mês de outubro) entreguem licenças pode vir a ser postergado.


Sem revelar novas datas, o executivo sinalizou que a concessão de licenças prévias teria sido afetada por greves ocorridas em órgãos ambientais. O prazo inicial para a entrega das licenças se encerraria na próxima segunda-feira (27).


"Estamos em processo de reavaliação de tempo. O Ministério está decidindo a questão de eventualmente darmos um prazo maior para termos a licença prévia de Sinop e outras usinas, de forma a contarmos com essas importantes usinas no leilão", afirmou Farias.


A decisão sobre a extensão do prazo estaria associada ao número de projetos que ainda precisam apresentar licença prévia, assim como do tempo que seria necessário para que essas licenças sejam entregues.


O leilão A-5 está previsto para o próximo dia 22 de outubro, menos de duas semanas após a realização do leilão A-3, com entrega de energia prevista para o início de 2015. O leilão A-5 garante o fornecimento de energia a partir de 2017. A partir do próximo ano, o governo pretende ajustar a data do certame e retomar a realização de leilões A-3 entre os meses de abril e maio.

 



Fonte: Diário do Nordeste
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar