acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia Renovável

Lançamento do Grupo de Trabalho de Energia Eólica (GT Eólica)

11/12/2015 | 13h35

 

A Associação Brasileira de Energia Eólica, representada pela presidente executiva, Elbia Gannoum, participa hoje, 10/12 da primeira reunião do Grupo de Trabalho de Energia Eólica (GT Eólica). O GT foi criado pela Secretaria de Minas e Energia do Rio Grande do Sul e tem como objetivo promover o desenvolvimento energético do Rio Grande do Sul.

Dentre os assuntos de interesse, o GT elaborará um Plano Energético para o período 2016-2025, que oferecerá um conjunto de diretrizes e propostas de políticas públicas na área da energia. O Plano possibilitará melhor entendimento no que se refere aos insumos renováveis e não renováveis, a conservação de energia, a eficiência energética e a incorporação de novas tecnologias.

Para a presidente executiva da ABEEólica, “o Rio Grande do Sul apresenta um grande potencial eólico e portanto um grande potencial de investimentos para a indústria eólica nacional, sendo essencial ações por parte do Governo Estadual para alavancar os investimentos...”

O Rio Grande do Sul tem atualmente 52 parques eólicos instalados, com capacidade de geração de 1.342,9 MW. O crescimento mundial de energia eólica e o potencial brasileiro têm mostrado um cenário de grandes perspectivas para a indústria.

“A indústria eólica tem se desenvolvido de maneira virtuosa em termos de geração efetiva e a justificativa para isso se dá pelo desempenho dos parques eólicos. O Brasil ocupa o primeiro lugar desse ranking, apresentado fatores médios de capacidade superiores a 50% em alguns meses do ano”, destaca Elbia.

Com isso, conclui-se que a indústria eólica possui grandes perspectivas de desenvolvimento dentro do Rio Grande do Sul, propiciando oportunidades para a instalação de parques eólicos e desenvolvimento da cadeia produtiva.



Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar