acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Operações Domésticas

KPMG: Primeiro trimestre registra 190 transações

08/06/2015 | 11h10

No momento de incerteza da economia nacional, o mercado de fusões e aquisições apresentou uma pequena queda do número de transações no primeiro trimestre do ano, com 190 operações, um pouco abaixo da média dos primeiros três meses de 2014, 2013e 2012 (196 transações). Os dados constam na pesquisa realizada pela KPMG.

“É importante destacar que a média nesse primeiro trimestre foi mantida graças às transações cross-border, já que registramos o pior resultado dos últimos cinco anos de operações envolvendo exclusivamente empresas brasileiras. Foram apenas 63 transações domésticas nos primeiros três meses de 2015 contra uma média de mais de 80 nos anos anteriores”, aponta o sócio da KPMG e líder para o setor de fusões e aquisições, Luís Motta. “As negociações domésticas representaram 33% do total. A queda da atividade econômica e o aumento da percepção de riscos no curto prazo pode ter impactado mais fortemente as empresas locais. Entretanto, o Brasil continua sendo um mercado estratégico para empresas internacionais, que somado à valorização do dólar, fez com que os estrangeiros aumentassem suas operações aqui”, analisa o executivo.

Dentre as transações envolvendo capital estrangeiro, é importante ressaltar também o crescimento das transações relativas a empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no Brasil (CB4). Com 27 negócios fechados no período, foi registrado o segundo melhor resultado em um primeiro trimestre da história. Estas transações apesar de refletirem o interesse de estrangeiros em adquirir empresas com operações no Brasil também demonstra, em contrapartida, um maior número de empresas estrangeiras deixando o país.

Setores - Os segmentos de tecnologia continuam sendo os que movimentam mais transações (Tecnologia da informação, com 35, e Empresas de internet, com 18). Além deles, destaque para Alimentos, bebidas e tabaco (18), Empresas de energia (10) e Serviços para empresas (10).



Fonte: Redação / Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar