acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Publicação

KPMG lança guia sobre incentivos a P&D nos países da América

31/08/2012 | 10h39

 

A KPMG publicou a primeira edição do “Guia de Incentivos em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) - Agregando valor às Américas”, que reúne dados sobre Canadá, Estados Unidos e América Latina, Brasil incluso. A publicação contém informações para que empresários e investidores tenham uma melhor compreensão das leis de cada nação e possam definir como melhor se beneficiar para conduzir seus programas de P&D.
"Hoje, os países estão disputando investimentos, e uma das formas de ter atratividade é oferecer incentivos fiscais e financeiros em pesquisa e desenvolvimento”, afirma Sergio Schuindt, sócio-líder da área de Incentivos Fiscais em P&D da KPMG no Brasil e América do Sul. “Cada vez mais os governos estão oferecendo incentivos para aumentar os investimentos em P&D, o que mostra o reconhecimento da conexão dessas iniciativas com o crescimento econômico”.
O guia traz as informações divididas por países, resumindo os tratamentos tributários dedicados aos gastos em P&D, além de incentivos regionais específicos. Dentre as informações estão: definição de P&D em cada país; benefícios; atividades elegíveis; dedução de despesas; crédito fiscal; subsídios e outros programas.
“Conduzir atividades de P&D envolve muitos custos. A disponibilidade de incentivos e o impacto dos gastos em outros benefícios fiscais tornam-se importantes fatores no momento de avaliar os custos pós-impostos para realizar tais atividades em um país, ou em outro. Esse material contribuirá para a tomada de decisão sobre investimentos”, conclui Schuindt.

A KPMG publicou a primeira edição do “Guia de Incentivos em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) - Agregando valor às Américas”, que reúne dados sobre Canadá, Estados Unidos e América Latina, Brasil incluso. A publicação contém informações para que empresários e investidores tenham uma melhor compreensão das leis de cada nação e possam definir como melhor se beneficiar para conduzir seus programas de P&D.


"Hoje, os países estão disputando investimentos, e uma das formas de ter atratividade é oferecer incentivos fiscais e financeiros em pesquisa e desenvolvimento”, afirma Sergio Schuindt, sócio-líder da área de Incentivos Fiscais em P&D da KPMG no Brasil e América do Sul. “Cada vez mais os governos estão oferecendo incentivos para aumentar os investimentos em P&D, o que mostra o reconhecimento da conexão dessas iniciativas com o crescimento econômico”.


O guia traz as informações divididas por países, resumindo os tratamentos tributários dedicados aos gastos em P&D, além de incentivos regionais específicos. Dentre as informações estão: definição de P&D em cada país; benefícios; atividades elegíveis; dedução de despesas; crédito fiscal; subsídios e outros programas.


“Conduzir atividades de P&D envolve muitos custos. A disponibilidade de incentivos e o impacto dos gastos em outros benefícios fiscais tornam-se importantes fatores no momento de avaliar os custos pós-impostos para realizar tais atividades em um país, ou em outro. Esse material contribuirá para a tomada de decisão sobre investimentos”, conclui Schuindt.

 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar