acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pré-Sal

Keppel FELS Brasil assegura contrato de US$950 milhões para FPSOs da Petrobras

10/08/2012 | 16h33
Keppel FELS Brasil assegura contrato de US$950 milhões para FPSOs da Petrobras
Keppel Fels Keppel Fels

 

A Keppel FELS Brasil fechou dois contratos no valor de US$950 milhões do consórcio Petrobras, Guara BV e Tupi BV, para a fabricação e integração de módulos topside para os FPSO P-66 e P-69. Como parte do acordo, a Petrobras tem a opção de um contrato semelhante a ser exercido no primeiro trimestre de 2014.
 
Mr Chow Yew Yuen, Chief Operating Officer da Keppel Offshore & Marine (Keppel O & M), a empresa majoritária da Keppel FELS Brasil, disse: "Estamos satisfeitos em poder apoiar a Petrobras em crescer sua frota de FPSOs, fornecendo conteúdo local para atender suas necessidades. Empreender dois projetos semelhantes nos permitirá maximizar nossa eficiência e agregar valor para nosso cliente. Estamos orgulhosos de que nosso estaleiro Brasfels estabeleceu um histórico de entregas de qualidade. Nossos contratos recentes assinados com Sete Brasil são a comprovação da boa reputação do nosso estaleiro Brasfels.
 
Os FPSOs terão escopos de trabalho idênticas que incluem a fabricação e a integração dos sete módulos topside. Quando concluída, a P-66 irá para o campo de Guará, enquanto P-69 ficará no campo de Tupi. Ambos os FPSOs terão capacidade de produção de 150.000 barris de petróleo por dia (bpd).
 
 
O estaleiro também está realizando a fabricação e integração de módulos topside do FPSO Cidade de Paraty e do FPSO Cidade de São Paulo. Recentemente, o estaleiro fechou um contrato com MTOPS (MODEC e Toyo Sistemas de Produção Offshore), para a fabricação e integração dos topsides do FPSO Cidade de Mangaratiba.

A Keppel FELS Brasil fechou dois contratos no valor de US$950 milhões do consórcio Petrobras, Guara BV e Tupi BV, para a fabricação e integração de módulos topside para os FPSOs P-66 e P-69. Como parte do acordo, a Petrobras tem a opção de um contrato semelhante a ser exercido no primeiro trimestre de 2014.


"Estamos satisfeitos em poder apoiar a Petrobras em crescer sua frota de FPSOs, fornecendo conteúdo local para atender suas necessidades. Empreender dois projetos semelhantes nos permitirá maximizar nossa eficiência e agregar valor para nosso cliente. Estamos orgulhosos de que nosso estaleiro Brasfels estabeleceu um histórico de entregas de qualidade. Nossos contratos recentes assinados com Sete Brasil são a comprovação da boa reputação do nosso estaleiro Brasfels", disse Mr. Chow Yew Yuen, Chief Operating Officer da Keppel Offshore & Marine (Keppel O & M), empresa majoritária da Keppel FELS Brasil.

 

Os FPSOs terão escopos de trabalho idênticos que incluem a fabricação e a integração dos sete módulos topside. Quando concluída, a P-66 irá para o campo de Guará, enquanto P-69 ficará no campo de Tupi. Ambos os FPSOs terão capacidade de produção de 150.000 barris de petróleo por dia (bpd).  O estaleiro também está realizando a fabricação e integração de módulos topside do FPSO Cidade de Paraty e do FPSO Cidade de São Paulo. Recentemente, o estaleiro fechou um contrato com MTOPS (MODEC e Toyo Sistemas de Produção Offshore), para a fabricação e integração dos topsides do FPSO Cidade de Mangaratiba.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar