acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Sustentabilidade

Itaipu publica décima edição de seu GRI

01/07/2013 | 11h34

 

A Itaipu Binacional disponibilizou em seu endereço online a décima edição do seu Relatório de Sustentabilidade. Publicado anualmente, de forma voluntária, desde 2003, o Relatório de Sustentabilidade traz informações sobre o desempenho da empresa em diferentes níveis, sobre as ações de cuidado com a vida e o meio ambiente.
A edição de 2012 segue as diretrizes da versão G3.1 da GRI e obteve, pelo 5º ano consecutivo, o nível A+ de aplicação, por atender a todas as recomendações e por ter sido submetido à auditoria da KPMG. “Produzir o relatório traz credibilidade e transparência para a empresa, e esses são conceitos importantes para a Itaipu”, afirmou o diretor-geral brasileiro da empresa, Jorge Samekm durante o lançamento. “Esta edição, em especial, é marcante, porque em 2012 chegamos ao ápice daquilo a que nos propomos, batendo nosso próprio recorde de produção de energia”.
Durante o lançamento, o especialista em sustentabilidade Márcio Reis, do Instituto Creditar, falou sobre a importância de as empresas apresentarem relatórios. Ele foi instrutor do curso de Aprofundamento nos Indicadores da GRI promovido pela Assessoria de Responsabilidade Social da Itaipu e destinado aos 84 pontos focais (funcionários de todas as áreas e que contribuem para a confecção do relatório). Foram diversos encontros, somando mais de 70 horas de debates e troca de informações sobre os principais temas presentes no RS-2012.
Para a assessora de Responsabilidade Social da Itaipu, Heloísa Covolan, o relatório 2012 está muito dinâmico e objetivo. “É uma forma de conhecermos melhor a empresa, de entendermos como ela define seus investimentos e ações estratégicas. E a ajuda dos colegas foi fundamental nesse processo”, completou. A assessora ainda informou que a evolução continua: para o próximo relatório, a Itaipu já adotou a versão G4 do GRI.
As práticas e ações apresentadas no relatório referem-se aos projetos e processos desenvolvidos no lado brasileiro da Itaipu. Porém, as informações sobre governança, produção de energia, gestão e desempenho econômico-financeiro são consolidadas e relatadas de modo binacional. Também fazem parte do relatório os resultados das fundações diretamente ligadas à empresa: Parque Tecnológico Itaipu, Fibra e Fundação Itaiguapy.
Os diversos parceiros e especialistas que participaram do evento foram unânimes em reconhecer a evolução dos relatórios da Itaipu. Gláucia Térreo, da GRI, comentou o pioneirismo da empresa e a constante atualização, sempre atendendo às especificações mais recentes. “O trabalho da Itaipu com o relatório é mostrar um quadro imenso de ações bonitas num espaço tão pequeno. Os resultados aqui são concretos e grandiosos”, falou.
Alberto Jardim, representante da Eletrobras, reconheceu a imensa contribuição da Itaipu na produção do relatório da holding - que reúne informações de 16 empresas. “A Itaipu engrandece nosso trabalho. Nos índices de sustentabilidade da Bovespa e do Dow Jones, a Itaipu sempre se destaca positivamente, ficando acima dos índices esperados”, comentou.
Responsável pela auditoria dos dados apresentados no relatório, a KPMG já é parceira de Itaipu há cinco anos. Para Carlos Alberto Silva, que representou a empresa no lançamento, os relatórios da Itaipu são uma referência de qualidade. “A evolução é evidente. A Itaipu sabe focar no que é importante e traz informações claras sobre os processos que desenvolve”.

A Itaipu Binacional disponibilizou em seu endereço online a décima edição do seu Relatório de Sustentabilidade. Publicado anualmente, de forma voluntária, desde 2003, o Relatório de Sustentabilidade traz informações sobre o desempenho da empresa em diferentes níveis, sobre as ações de cuidado com a vida e o meio ambiente.


A edição de 2012 segue as diretrizes da versão G3.1 da GRI e obteve, pelo 5º ano consecutivo, o nível A+ de aplicação, por atender a todas as recomendações e por ter sido submetido à auditoria da KPMG. “Produzir o relatório traz credibilidade e transparência para a empresa, e esses são conceitos importantes para a Itaipu”, afirmou o diretor-geral brasileiro da empresa, Jorge Samekm durante o lançamento. “Esta edição, em especial, é marcante, porque em 2012 chegamos ao ápice daquilo a que nos propomos, batendo nosso próprio recorde de produção de energia”.


Durante o lançamento, o especialista em sustentabilidade Márcio Reis, do Instituto Creditar, falou sobre a importância de as empresas apresentarem relatórios. Ele foi instrutor do curso de Aprofundamento nos Indicadores da GRI promovido pela Assessoria de Responsabilidade Social da Itaipu e destinado aos 84 pontos focais (funcionários de todas as áreas e que contribuem para a confecção do relatório). Foram diversos encontros, somando mais de 70 horas de debates e troca de informações sobre os principais temas presentes no RS-2012.


Para a assessora de Responsabilidade Social da Itaipu, Heloísa Covolan, o relatório 2012 está muito dinâmico e objetivo. “É uma forma de conhecermos melhor a empresa, de entendermos como ela define seus investimentos e ações estratégicas. E a ajuda dos colegas foi fundamental nesse processo”, completou. A assessora ainda informou que a evolução continua: para o próximo relatório, a Itaipu já adotou a versão G4 do GRI.


As práticas e ações apresentadas no relatório referem-se aos projetos e processos desenvolvidos no lado brasileiro da Itaipu. Porém, as informações sobre governança, produção de energia, gestão e desempenho econômico-financeiro são consolidadas e relatadas de modo binacional. Também fazem parte do relatório os resultados das fundações diretamente ligadas à empresa: Parque Tecnológico Itaipu, Fibra e Fundação Itaiguapy.


Os diversos parceiros e especialistas que participaram do evento foram unânimes em reconhecer a evolução dos relatórios da Itaipu. Gláucia Térreo, da GRI, comentou o pioneirismo da empresa e a constante atualização, sempre atendendo às especificações mais recentes. “O trabalho da Itaipu com o relatório é mostrar um quadro imenso de ações bonitas num espaço tão pequeno. Os resultados aqui são concretos e grandiosos”, falou.


Alberto Jardim, representante da Eletrobras, reconheceu a imensa contribuição da Itaipu na produção do relatório da holding - que reúne informações de 16 empresas. “A Itaipu engrandece nosso trabalho. Nos índices de sustentabilidade da Bovespa e do Dow Jones, a Itaipu sempre se destaca positivamente, ficando acima dos índices esperados”, comentou.


Responsável pela auditoria dos dados apresentados no relatório, a KPMG já é parceira de Itaipu há cinco anos. Para Carlos Alberto Silva, que representou a empresa no lançamento, os relatórios da Itaipu são uma referência de qualidade. “A evolução é evidente. A Itaipu sabe focar no que é importante e traz informações claras sobre os processos que desenvolve”.

 



Fonte: Ascom Itaipu
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar