acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Investimentos produtivos projetam evolução do PIB brasileiro abaixo de 4%

28/07/2011 | 16h04
O crescimento atual é conseqüência dos investimentos feitos em anos anteriores, assim como o nosso futuro já está selado pela Formação Bruta de Capital Fixo - FBCF atual.

Apesar do consumo de máquinas apresentar crescimento com relação ao 1º semestre de 2010, só agora voltamos aos níveis de pré-crise.
 
O crescimento da nossa economia volta a ser inferior ao da América Latina e do Mundo, conseqüência do nível de investimentos inferior ao dos 25 países emergentes e o penúltimo entre as maiores economias industriais.

Observando a performance da economia brasileira nas últimas décadas, alguns dos aspectos são preocupantes, como estagnação do PIB per capita, perda da participação da indústria de transformação no PIB (de 33% para 16%), reversão do saldo e aceleração do déficit da balança comercial da indústria de transformação, investimentos insuficientes na indústria, baixo consumo de máquinas e equipamentos (nacional + importado) e o aumento acelerado da participação de produtos importados no consumo nacional. A perda relativa de emprego na indústria nos permite afirmar que vivemos um processo de desindustrialização acelerada.

É neste contexto que está inserida a indústria de máquinas e equipamentos. Analisando o período de 2004 a 2010, constatamos uma melhor performance do nosso setor na produção e na exportação quando comparado à indústria como um todo. Este desempenho, no entanto, não nos exclui dos riscos e dos problemas enfrentados pelos demais setores industriais.

O processo de desindustrialização iniciou-se na década de 80 e acelerou-se na última década. A reversão do processo só é possível com um projeto de país que equacione juros inferiores ao retorno da atividade, produtiva, cambio competitivo para a indústria de transformação, Custo Brasil, taxa de investimento acima de 25% e educação.


Indicadores

Os indicadores do setor de máquinas são semelhantes ao dos demais setores e permitem prever o baixo desempenho da indústria transformação nos próximos anos.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar